CLUBE DO POVO #5 – Infelizmente, foi merecido

Foto: André Ávila / Agencia RBS

No dia 11 de dezembro de 2016 o Sport Club Internacional escreve o momento mais vergonhoso de sua história, com o empate em 1 a 1 com o Fluminense no Rio de Janeiro, o clube antes “incaível” agora disputará a Serie B do campeonato brasileiro no ano de 2017.

Sabe por que é merecido?

O planejamento para o ano de 2016 foi praticamente zero, a diretoria chefiada por Vitorio Piffero começou a temporada mantendo um treinador que todos sabiam que não era o ideal para o time e ainda no inicio do ano emprestou o maior ídolo do clube no momento, Andrés D’Alessandro saia do Inter.

Com o decorrer do tempo, ocorreram erros suscetivos, como um clube do tamanho do colorado tem na mesma temporada, Argel, Falcão, Celso Roth e Lisca de treinadores?

O clube que não tinha nenhum zagueiro nível serie A e passou o ano todo sem nenhum lateral esquerdo pode continuar na primeira divisão?

A diretoria que trouxe os slogans ” Clube grande não cai”, “O Campeão de tudo” e o “O campeão voltou”, deixa o clube com o primeiro rebaixamento de sua história e apenas dois títulos conquistados, títulos grandes? Não. Apenas dois campeonatos gaúchos vieram.

Para o desespero da torcida colorada, no mesmo ano o clube cai para a segunda divisão e vê o rival Grêmio ser campeão da Copa do Brasil.

Eu queria chegar nessa humilde coluna e dizer: O Inter cai por erros de arbitragem

Queria escrever: O Internacional não mereceu o rebaixamento

Poderia bradar: A diretoria fez o possível para salvar o clube

Mas o que tenho de falar é: A diretoria do Sport Club Internacional fez de tudo para o rebaixamento ocorrer, não houve grandes erros de arbitragem que decretassem a queda, infelizmente o Internacional mereceu o rebaixamento.

Leonardo Pereira

Estudante de jornalismo e criador de teses sem noção nos momentos vagos. Twitter: @oOutroLeo

%d blogueiros gostam disto: