Sergio Ramos: o homem dos acréscimos

Como você define um jogador decisivo?

Acho que nenhuma palavra é perfeita para definir Sergio Ramos. O zagueiro espanhol do Real Madrid tem no DNA a palavra decisão, e a cada dia, a cada jogo percebemos que o raio cai mais de uma vez no mesmo local e que o espanhol continua a fazer milagres em gols de cabeça nos acréscimos de jogos importantes. Vamos a alguns exemplos de como o jogador é importante:

Real Madrid X Atletico de Madrid: final da UEFA Champions League 2013/2014, os blancos estavam perdendo para o maior rival na competição mais importante do mundo, o placar mostrava 1 a 0 para os colchoneros, até que aos 93 minutos ou 48 do segundo tempo, aparece Sergio Ramos cabeceando a bola para o fundo das redes e salvando o Madrid que após isso seria campeão na prorrogação por  4 a 1.

Atletico de Madrid X Real Madrid: novamente na final da UEFA Champions Legue, novamente contra o Atleti, dessa vez na temporada 2015/2016, o espanhol não marcou nos acréscimos mas fez o gol do Real no primeiro tempo e ainda acertou a sua penalidade durante a disputa de pênaltis, resultado: Real Madrid campeão.

Sevilla X Real Madrid: supercopa da Europa, para variar a derrota estava sendo encaminhada e a perda do titulo também, mas aos 92 minutos, aparece o zagueiro espanhol e empata a partida, levando o jogo para a prorrogação que seria vencida pelos blancos com gol de Carvajal, como foi o gol dessa vez? Dentro da área em cabeçada no contra pé do goleiro.

Barcelona X Real Madrid: quer cenário melhor para decidir do que o “EL CLASICO”? Em jogo valido pela 14º rodada da La Liga 2016/2017, os merengues estavam perdendo até os 90 minutos, eis que surge Sergio Ramos novamente de cabeça, de novo nos acréscimos e decreta o empate no Camp Nou, resultado que manteve o Real 6 pontos na frente dos blaugranas.

Real Madrid X La Coruña: na rodada seguinte ao clássico, Ramos apareceu de novo, o Real tinha dificuldades no jogo e havia sofrido a virada dentro de casa para o Deportivo La Coruña, o time conseguiu empatar com Mariano Diaz aos 38 minutos, o placar apresentava um 2 a 2 ruim para o time da capital espanhola, quando a placa de acréscimos foi levantado todos os madridistas devem ter pensado: existe apenas um jogador que pode nos dar essa vitoria. E ele aparece, Sergio Ramos aos 92 minutos, adivinhem como? Em cabeçada certeira para o fundo do gol virava o jogo para os blancos.

Resumindo a ópera: Sergio Ramos é atualmente um dos jogadores mais decisivos e importantes não apenas do Real Madrid, mas do futebol mundial.

Leonardo Pereira

Estudante de jornalismo e criador de teses sem noção nos momentos vagos. Twitter: @isentoever

%d blogueiros gostam disto: