HOSPÍCIO #94 – O título é o de menos

O título da Copa São Paulo de 2017 é do Corinthians. O 10º na história. Só que essa conquista não é o mais importante. O time do Corinthians é recheado de bons jogadores, que podem fazer parte da história do clube. E o que importa é isso.

 

 

Carlinhos é o 2º maior artilheiro da história da Copinha. Só perde para Sinval, que em 1991 fez 12 gols na competição.
Pedrinho, para muitos, foi o craque da edição de 2017. O jogador teve seu contrato renovado com o Corinthians, antes mesmo da final. Ainda não está no elenco profissional.
Mantuan também é um dos destaques. 2º volante que chega à frente, com características parecidas com Paulinho, Elias e Jucilei, ex-jogadores do profissional. Junto com Carlinhos, é um dos que já constam no elenco de Fábio Carille.
Certamente, os 3 são os maiores destaques. Mas outros bons jogadores também podem ser aproveitados futuramente, como Fabrício Oya, Vinícius Del’Amore, Thiago e Marquinhos.

Para a base, o que menos importa é o título. Claro, ganhá-lo é sempre muito bom, coroa o trabalho não só dos jogadores, mas como de toda a comissão técnica e profissionais envolvidos nos bastidores do Sub-20. Parabéns, Corinthians, pelo 10º título da Copinha. Que essa conquista seja um marco na história do clube, e a partir desse dia, os jogadores comecem a ser melhor aproveitados no time de cima. Capacidade para isso, todos os citados no post têm.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: