Jogadores promissores que não deram certo na Europa

Com certeza, você amigo torcedor, já deve ter lembrado daquele jogador que fez sucesso numa época esplendorosa de algum clube europeu, mas que depois de alguns anos, acabou não vingando e indo jogar em clubes de menor expressão do velho continente. Pensando nisso, preparamos uma lista com aqueles jogadores que se destacaram por algum tempo, mas ficaram apenas como promessas do futebol europeu.

1- Mario Balotelli

Começamos essa lista, com um cara que sempre causou problemas internos onde passou. Balotelli teve seu período de ascensão quando defendia as cores da Inter de Milão, entre as temporadas de 2007 a 2010. Por lá, o Super Mario, como era conhecido, disputou 90 jogos, marcando 29 gols; quantidade essa que chamou a atenção de um suposto clube inglês, que começava a crescer gradativamente na Inglaterra.

Balotelli foi contratado pelo Manchester City aos 20 anos, pela bagatela de 26 milhões de euros, na época. Valor surpreendente para quem era apenas uma promessa. Durante esse período, foi convocado diversas vezes para a seleção italiana, onde disputou a Copa do Mundo de 2010, defendendo a Azurra.

Com o sucesso subindo para a cabeça, o atacante viveu momentos bons, ao marcar gols, mas também, foram 3 anos que levaram sua carreira a decadência. Não podemos relatar todos os fatos acontecidos, pela enorme quantidade, mas ao todo, Balotelli teve 14 conflitos internos dentro do City, deixando uma má impressão para todos aqueles que confiavam em seu futebol, e afastando o jogador da titularidade na equipe dirigida por Roberto Mancini.

A partir de então, sua carreira nunca mais foi a mesma. Contratado pelo Milan em 2013, ainda com esperança de boas atuações, Balotelli conseguiu se reerger no clube, marcando 30 gols em 54 jogos pelo Rossonero, o que chamou a atenção do Liverpool. Por lá, o atacante teve poucas oportunidades, com apenas 23 jogos disputados, e 4 gols marcados. O atleta foi emprestado ao Milan, onde atuou novamente, até o final de seu contrato, que se encerrou no em 2016.

Atualmente, Balotelli está com 26 anos, atuando pelo Nice, da França. O atacante é um dos artilheiros do campeonato francês, com 10 gols em 13 jogos. Ainda jovem, espera-se que o Super Mario volte a brilhar pelos gramados da Europa.

2- Bojan Krkíc

Bojan, fez parte do elenco fantástico do Barcelona, entre as temporadas de 2007 a 2013, jogando com Ronaldinho Gaúcho, Messi, Henry, Eto’o, Ibrahimovic e tantos outros craques. Com tantas estrelas no time, Bojan era muito pouco aproveitado no clube catalão, entrando apenas no segundo tempo das partidas, e raramente sendo titular da equipe. Mesmo em 7 anos de barça, o espanhol de 26 anos, conseguiu uma boa marca, com 162 jogos e 61 gols.

Bojan ainda foi emprestado para a Roma, Milan e Ajax, onde teve passagens medianas de uma temporada em cada clube, mas que não chamaram atenção dos gigantes europeus, em querer contratá-lo.

Na temporada 13/14, Boján rescindiu seu contrato com o Barcelona, com a cláusula de 80 milhões de euros, partindo para o Stoke City, da Inglaterra, onde atua desde 2014 nos Potters, com 57 partidas disputadas, e 13 gols marcados durante esse período

3- Alexandre Pato

Presente no título mundial de clubes conquistado pelo Internacional em 2006, Pato foi contratado pelo Milan em 2007, com status de craque da equipe, vestindo a camisa 7 do eterno Shevchenko. Com grandes atuações logo quando chegou a Itália, o atacante era considerado por alguns, uma das promessas do futebol mundial, que iria deslanchar com facilidade na Europa. Nesse período, Pato foi convocado pela seleção brasileira, e atuou em 28 jogos pelo Brasil.

Na temporada 12/13, Pato teve problemas musculares, e seu rendimento no Milan despencou de uma forma que chegou a não ser relacionado para algumas partidas. Após um período de inatividade, o jogador foi contratado pelo Corinthians por 41 milhões de reais, onde decepcionou comissão técnica e torcedores do clube alvinegro.

Em 2015, foi emprestado ao São Paulo, onde fez boas atuações durante o ano, onde chegou a ser especulado em clubes europeus. Na temporada seguinte, foi emprestado ao Chelsea, mas teve apenas 2 jogos por lá, e 1 gol marcado, voltando para o Brasil, terminando o ano no tricolor do Morumbi.

Atualmente, Pato está com 27 anos e atua pelo Villareal da Espanha, onde já disputou 19 partidas pelo submarino amarelo, e marcou 6 gols com a camisa do clube.

4- Andrey Arshavin

Tido como grande destaque do título do Campeonato russo e da Copa da UEFA em 07/08, Arshavin foi contratado pelo Arsenal em 2009 por 26 milhões de euros, com um futuro promissor nos Gunners. Aos 28 anos, o meia atacante russo, jogou ao lado de Fábregas, Henry e Van Persie, chegando a ser titular em diversas partidas pelo clube londrino dirigido por Arsène Wenger.

Sem nenhum título, e apenas um prêmio de melhor jogador do mês da Premier League, em abril de 2009, infelizmente, ele não passou de uma promessa no Arsenal, sendo emprestado ao seu clube de origem, e rescindindo seu contrato com o clube londrino. Sendo pouco aproveitado no Zenit, deixou o clube em 2015, para atuar no Krasnodar, também da Rússia.

Atualmente, Arshavin está com 35 anos, e atua no Kairat, clube da primeira divisão do Cazaquistão. O meia já atuou em 32 partidas e marcou 10 gols.

5- Illaramendi

Digamos que entre todos os jogadores da lista, Illaramendi é o mais recente entre eles. Talvez você nem se lembre, mas em 2013, o Real Madrid o comprou da Real Sociedad, por 30 milhões de euros, com o peso de ser uma das estrelas do time merengue. Mas quem disse que deu certo?

Com poucos jogos disputados, e uma concorrência com Toni Kross, Isco e Casemiro à sua frente, o atleta foi pouco aproveitado no clube madrilenho, e em 2015 voltou a Real Sociedad, sendo vendido pela metade do preço. Sim, amigos o Real Madrid fez uma besteira daquelas.

Rafik Oliveira

Amante de várias modalidades esportivas, trago á tona diversos temas que abordam o cenário nacional, sempre com uma visão diferenciada para cada tipo de situação.

%d blogueiros gostam disto: