MLB – Nova tragédia abala as estruturas da MLB

Quase 4 meses após o acidente de barco que matou o arremessador do Miami Marlins, José Fernandez, o mundo da Major League Baseball teve outro duro golpe na manhã do último domingo, 22. O arremessador titular do Kansas City Royals, Yordano Ventura, faleceu num acidente de carro ocorrido na cidade de Juan Adrián, na capital a República Dominicana.

A notícia chocou o mundo da MLB, que rapidamente trouxe a tona o acidente ocorrido com Fernandez. Ambos arremessadores tinham certas similaridades e as circunstâncias do anúncio de suas mortes (um domingo de manhã, dois arremessadores jovens e com muito potencial e que morreram num acidente) logo fizeram com que os casos chegassem. Yordano ainda não havia atingido o nível de jogo de Fernandez, mas já havia vencido uma World Series com os Royals em 2015.

Ventura tinha como sua especialidade a bola rápida, que chegava atingir até 100 milhas por hora. Além disso, suas outras especialidades eram a bola de curva e o change-up. Ventura era visto como um dos principais prospectos da MLB, tanto que mesmo após alguns problemas disciplinares, os Royals assinaram uma extensão contratual de 5 anos e 25 milhões de dólares com Yordano Ventura. A expectativa era que ele atingisse o próximo passo e se tornasse um arremessador dominante na liga.

Os diversos relatos de pessoas que fazem parte da organização dos Royals lamentam principalmente a perda de um atleta que era extremamente apaixonado pelo jogo, que sentia toda a emoção que o baseball pode proporcionar. Um verdadeiro “ball player, com uma visão quase que inocente do que é o jogo. Antes do início do Spring Training, em março, mais um acidente devasta o baseball. Há coisas que são bem difíceis de entender.

%d blogueiros gostam disto: