NFL – Prévia dos confrontos do Divisional Round

O final de semana chegou e os playoffs da NFL também. Na sua fase divisional, as semifinais das conferências definirão quem irá disputar o título da AFC e da NFC, além das vagas para o Superbowl. Durante toda semana, muito se foi discutido sobre os pontos fortes e fracos de todas as equipes, e quais as chaves para a vitória ou derrota. O HTE Sports traz agora uma análise dos duelos e os palpites (inconsequentes, mas quem não gosta de palpites?) para as partidas.

 

Atlanta Falcons x Seattle Seahawks – sábado, 14, 19h35 de Brasília
Georgia Dome

Os Falcons chegam aos playoffs como a segunda campanha da NFC, após conquistarem 11 vitórias e 5 derrotas na temporada regular. O segundo melhor ataque da temporada regular, com 415.8 jardas por jogo de média, irá enfrentar a Legion of Boom. Só que a defesa de Seattle tem desfalques importantes como o safety Earl Thomas, o que acaba fazendo com que a secundária seja um alvo a ser explorado pelo favorito ao prêmio de MVP, Matt Ryan, e Julio Jones. Mesmo com o bom desempenho na última partida diante do Detroit Lions, o Seahawks sabe que colocar pressão em Matt Ryan será fundamental para tentar chegar a final da NFC.

Mas se os Falcons assustam no ataque, o mesmo não se pode dizer da defesa. A equipe cede uma média de 25,4 pontos por partida, sendo a 28ª da NFL na temporada regular. O jogo corrido de Seattle, que encaixou nas últimas semanas e teve uma atuação de gala de Thomas Rawls na rodada de Wild Card deverá ser crucial na partida. Com a 17ª melhor defesa contra o jogo terrestre, os Falcons tem problemas na contenção do jogo corrido, sendo este um fator chave da partida. Se os Seahawks conseguirem correr com a bola, com campanhas longas e deixando Matt Ryan fora de campo o maior tempo possível, as chances de vitória aumentam consideravelmente.

Palpite: Vitória dos Seahawks

New England Patriots x Houston Texans – sábado, 14, 23h15
Gillette Stadium

Esse é o confronto mais desequilibrado da rodada. Os Patriots, principais favoritos para vencerem a AFC e chegarem o Superbowl, pegam um Texans que chega nessa rodada graças a fraca divisão em que atua e um acaso do destino de encontrar um Oakland Raiders com seu 3º QB estreando na NFL em um jogo de playoff. Os 27-0 para New England, na temporada regular mostram um pouco do desequilíbrio das duas equipes. Vale lembrar que os Patriots venceram com o seu terceiro QB atuando, já que Brady (suspenso) e Garopollo (lesionado) não puderam atuar.

Mas calma torcedor dos Texans, o time tem as suas armas. E elas estão justamente na defesa. A equipe é a melhor no setor no quesito jardas cedidas, e a segunda melhor defesa contra o passe. Sendo assim, os Patriots sabem da importância de correr bem com a bola, e LeGarrete Blount será importantíssimo na partida. Já os Texans terão de mostrar todo o potencial defensivo se quiserem ter alguma chance de conquistarem um dos maiores upsets da história dos playoffs.

Palpite: Patriots, por muito.

Kansas City Chiefs x Pittsburgh Steelers – domiongo, 15, 16h05
Arrowhead Stadium

O domingo promete ser de dois jogaços. O primeiro acontece entre o Kansas City Chiefs, do nosso Cairão da Massa, contra os Steelers, do trio “BBB”. Zoeira a parte, vamos ao que interessa: esse duelo deve ser decidido no duelo entre o ataque do Steelers contra a forte defesa dos Chiefs. Le’Veon Bell está pegando fogo e vem tendo atuações de gala, conquistando 1884 jardas de scrimmage durante os 12 jogos que atuou na temporada regular. Já os Chiefs ocupam a 27ª posição na defesa contra o jogo terrestre, em se tratando de jardas cedidas.

Por outro lado, se a defesa dos Chiefs cede muitas jardas, ela rouba muitas bolas, sendo a número 1 em interceptações (18) e a número 9 em fumbles forçados (8). Big Ben vem tendo problemas nessa temporada em cuidar da bola, então os turnovers devem ser a grande chave da partida. Para os Steelers, estabelecer o jogo corrido e abrir espaço para as bolas em profundidade para Antonio Brown. Já para os Chiefs, tentar explorar o jogo aéreo com Travis Kelce, além de parar o jogo terrestre e vencer a batalha dos turnovers.

Palpite: Steelers em jogo apertado (foi mal Cairão).

Dallas Cowboys x Green Bay Packers – domingo, 15, 19h40
AT&T Stadium

Na minha opinião, o jogo da rodada. A equipe sensação contra o time mais quente do momento. Dallas Cowboys e Green Bay Packers tem tudo para protagonizarem um jogo histórico. Dak Prescott e Zeke Elliott tentarão fazer os Cowboys voltarem a uma final de conferência depois de 21 anos, mas terão pela frente um Aaron Rodgers jogando em seu alto nível, além de uma defesa que melhorou bastante ao longo da temporada e uma equipe que vem embalada por 7 vitórias consecutivas.

Os Cowboys sabem que a chave do seu jogo é a corrida. Mais do que nunca, Ezekiel Elliott terá que contar com a sua linha ofensiva para que os Cowboys consigam estabelecer o jogo terrestre e mantenham Rodgers longe da bola. A receita parece simples, mas não é. Com os jogadores do front 7 saudáveis, os Packers tem uma defesa forte e tentarão tirar o sossego de Dak Prescott. Vale lembrar que nunca uma dupla de calouros QB e RB chegaram ao Superbowl. Isso pode pesar, já que os Packers tem muito mais experiência nesse momento de decisão.

A boa notícia é que a defesa dos Cowboys também evoluiu durante a temporada, e apesar de não estar entre as unidades tops da NFL, pode dar trabalho. A secundária terá de jogar muito para conter Randall Cobb e Davante Adams. Jordy Nelson, que quebrou duas costelas no duelo contra os Giants no último domingo, só joga sob algum tipo de milagre. O Pass rush dos Cowboys será fundamental para tentar pressionar Rodgers e dar a secundária uma condição de defender os passes.

Palpite: Packers, sem muita convicção.

%d blogueiros gostam disto: