Tudo voltando ao “normal”

“A semana lá fora” desse fim de semana foi repleta de grandes jogos nas cinco principais Ligas da Europa. Muita emoção e muitos gols rolaram nos campos europeus. Sem muita enrolação pro primeiro parágrafo ficar grande. Eu sei que vocês querem saber o que rolou lá fora. Vamos por partes!

Na Alemanha, depois do ímpeto inicial do RB Leipizig, surpreendendo a todos no mundo do futebol, parece que o campeonato voltou ao “normal” e o Bayern de Munique é o líder com cinco pontos de vantagem para o vice-líder. O time bávaro arrancou um empate aos 51 do segundo tempo contra o Hertha Berlin, com gol de Lewandowski, e manteve a ponta. O Leipzig ganhou fora de casa do Borussia Monchengladbach (escrevi sem olhar no Google, minhas aulas de Alemão surtindo efeito) por 2 a 1 e continua na caça do time da capital. Complicado de acontecer uma virada, mas no mundo do futebol nada é impossível. Eu, como torcedor das zebras, torço pra acabar a hegemonia da “Liga Bayern”. Seguiremos acompanhando.

Na Espanha, a temporada de Cristiano Ronaldo e Messi não é das melhores, mas o campeonato espanhol é tão “imprevisível” que os times de ambos continuam em primeiro e segundo lugar, respectivamente. Real Madrid ganhou de 2 a 0 em casa, no retorno de Gareth Bale ao time depois de 88 dias fora por contusão e o Barcelona ganhou do Leganes por 2 a 1, novamente jogando mal, mas com Messi resolvendo. Sevilla e Atlético de Madrid vem logo atrás na disputa do terceiro lugar, que é o que os times normais, de seres humanos, podem fazer. Entediante.

Na França, o Nice de Balotelli também deu aquela caída e agora está em terceiro lugar. O poderoso Monaco, que faz excelente temporada é o líder e por enquanto vai tirando a hegemonia do PSG, que vem logo atrás correndo atrás do prejuízo, depois de um começo peculiar de temporada. Numa rodada onde o time do principado e o time de Paris empataram, o Nice aproveitou para se reaproximar e o sonho ainda não acabou, ainda mais porque os dois rivais ainda concentram suas forças na UEFA Champions League. Será que Balotelli consegue voltar para o lugar mais alto de um pódio da Europa com um título? Veremos nos próximos capítulos, ou rodadas, no caso.

Na Itália, eu não vou me alongar muito: a Velha Senhora Juve continua dando show e é líder com sete pontos de vantagem. Roma e Napoli e temporada excelente vem tentando correr atrás, mas pensar em título é bastante complicado para esses rivais. A surpresa é a Inter de Milão que figura na Zona de Classificação para Europa League e vem aos poucos se reerguendo no campeonato. Nessa última rodada, Gabriel “Gabigol” salvou o time de Milão com seu primeiro gol e deu a vitória fora de casa contra o Bologna. Que o moleque ganhe mais confiança e tenha mais chances de mostrar seu futebol!

Na Inglaterra tivemos um fim de semana sem a Premier League, mas com 5 dos times top 6 em campo para jogar pelas oitavas de final da FA Cup, a competição mais antiga da história de futebol. Chelsea, Tottenham, Arsenal e United passaram de seus adversários e estão classificados para a próxima fase. Manchester City foi o único que precisará enfrentar novamente o Huddersfield para tentar passar de fase. A grande surpresa ficou com a classificação do Lincoln City da Quinta Divisão para essa fase, quebrando um recorde histórico de 103 anos sem times “fora de Liga” nas quartas. Na próxima fase, o principal confronto será um Chelsea contra Manchester United que já está deixando os fãs ansiosos.

Esse foi o resumo do fim de semana lá fora. Espero que tenham gostado. Comentem abaixo sobre o que querem ver nessa coluna, sobre algo que eu possa ter esquecido, pois sua opinião é muito importante para nós no HTE.

Lucas Farias

Carioca, 25 anos, nem um pouco jornalista, mas apaixonado por esportes, principalmente futebol. Flamengo, Tottenham, Miami Heat e New Orleans Saints.

  • GaBriel Amaral

    Espanha, Alemanha e Itália ok, sem alterações de temperatura e pressão. Na Inglaterra, não. O normal é ter Shit e Arsenal lá em cima. Não tem sido o caso faz tempo. E não existe top 6. Existem Arsenal, Liverpool e Shit. O resto é novo rico. O campeonato francês não existe.

%d blogueiros gostam disto: