Futebol Fora da Mídia #08 – O ressurgimento de Falcao Garcia

O atacante colombiano Falcao Garcia já foi considerado um dos melhores do Mundo jogando na posição. Sofreu uma lesão em 2014, que inclusive o tirou da Copa do Mundo daquele ano, e o fez pensar em parar com sua carreira. Passou por 2015 e parte de 2016 sem brilho nenhum e com muitas dúvidas. Mas, o artilheiro voltou em 2016-2017.

Falcao Garcia começou sua carreira no River Plate. Ainda como promessa, saiu para a Europa em 2009. No Porto, foi um artilheiro absurdo: marcou 72 gols em 87 jogos. Despertou o interesse do Atlético de Madrid, onde marcou 70 gols em 91, mais uma ótima média. Na época, em 2013, o Monaco ganhou o status de time multimilionário, e a contratação de peso do clube francês foi o colombiano. Radamel sofreu uma lesão que o tirou da Copa do Mundo de 2014, sendo um dos maiores (senão o maior) desfalques da Copa. Após, foi emprestado para o Manchester United e o Chelsea. Jogou 41 jogos e marcou só 5 gols no futebol inglês, virando motivo de chacota. Retornou ao Monaco para a temporada 2016-17. Começou a marcar um, dois, três, quatro gols, e, hoje, tem 22 gols em 27 jogos, fora as 6 assistências que contabiliza (totalizando a participação em 28 gols nos 27 jogos).

Falcao Garcia retornou para o Monaco e para o futebol. Apesar de estar fora da mídia, é, hoje um dos principais jogadores no cenário mundial. Logo mais, deverá estar na seleção colombiana novamente, e chamando a atenção de gigantes europeus. Quem sabe, um dia, o colombiano não protagonize uma daquelas histórias de superação que só o esporte é capaz de escrever? Só o tempo dirá, mas Falcao está no caminho certo para isso.

 

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: