Gabriel Jesus lesionado: quem são os principais afetados?

Por: Lucas Tinôco (Twitter: @lucastinocof)

Na manhã desta terça-feira (14), várias fontes ao redor do mundo confirmaram uma lesão de Gabriel Jesus, que lesionou o 5º metatarso (o osso mais longo que articula do dedo mindinho). De acordo com as informações dadas pela mídia mundial, o tempo de recuperação pode ser de 2 a 3 meses, o que coloca a jovem revelação brasileira praticamente fora da temporada europeia.

Gabriel Jesus se transferiu para o Manchester City após ter conquistado o título de campeão brasileiro com o Palmeiras e ter levado alguns prêmios individuais. No primeiro dia do ano, o camisa 33 embarcou rumo a Inglaterra para começar os seus trabalhos com Guardiola e cia. Desde a estreia, no dia 21/01 em partida contra o Tottenham, na qual ele marcou um gol que foi anulado, o jogador, que custo 32 milhões de euros, anotou 3 tentos (que valeram) em 5 partidas.

Início espetacular, surpresa para o próprio jogador, elogios e mais elogios por parte dos fãs de futebol e titularidade no time que tem como seu “rival” de posição talvez o maior ídolo deles: Sergio Agüero. Tudo eram flores até que no último dia 13 (famoso ontem), Jesus sentiu a lesão aos 15 minutos da primeira etapa e foi substituído pelo atacante argentino (que marcou um dos gols da vitória por 0 a 2 sobre o Bournemouth).

Com a confirmação de uma lesão grave, quem serão os afetados por esse longo afastamento?

Primeiramente o Manchester City, óbvio. O brasileiro mostrou a sua polivalência mesmo com pouco tempo em campo, agradou aos torcedores, a Pep e pareceu rapidamente entrosado com o resto dos companheiros. Como atacante de referência, mostrou poder substituir Agüero a altura, já que o ex-genro de Diego Maradona sofre com lesões constantes e vira e mexe não está 100% fisicamente, como aconteceu nesses últimos jogos. Já pela ponta, mostrou que pode ser útil jogando com o argentino e melhor opção do que os irregulares Nolito e Jesús Navas. Os Citizens perdem uma grande peça para a disputa do (distante) título da Premier League e para a caminhada árdua rumo a conquista inédita da Liga dos Campeões;

Seguindo a lista de prejudicados, vem agora o Brasil. A seleção brasileira teve um grande crescimento no seu desempenho após a chegada de Tite, que viu no garoto uma das suas mais fortes peças. Mostrando o instinto goleador, Jesus marcou 5 gols em 6 jogos com a camisa da seleção principal pelas Eliminatória para a Copa do Mundo de 2018. O atacante dá um alto grau de movimentação para o ataque, com constantes trocas de posição principalmente com Neymar e puxando a marcação para a entrada dos meias de ligação/box-to-box, como normalmente acontece com Paulinho e Renato Augusto. Agora, Tite precisará achar uma peça que mude pouco a forma de jogar da equipe, e a solução está logo ali em Liverpool e Firmino deve ser O eleito (saudações aos fãs de Harry Potter). O atacante dos Reds também é versátil e pode jogar vindo de trás, pelas pontas e como o homem mais centralizado do time, como vem atuando normalmente na equipe de Jürgen Klopp;

Em terceiro eu escolho Agüero. Sim, não duvidem que ele não estava pé da vida com o bom desempenho de Gabriel Jesus como seu substituto. É difícil para um ídolo ficar no banco, ainda mais com a grife que ele tem, e muito menos ver “sua” torcida se apaixonar tão facilmente por outro jogador. Obviamente que ele é profissional e não deixou nada disso transparecer, exceto naquela cena da reação dele após um gol do brasileiro. Kun é desejado por grandes clubes como Real Madrid e Barcelona, e perder tempo de jogo atrapalharia até em uma possível transferência. Agora ele precisa jogar o que sabe e mostrar que pode superar as lesões. Do contrário, ninguém vai querer um craque que vive no Departamento Médico;

Por fim eu escolho Neymar.

Calma, vou explicar…

Deixo claro que fiz essa sequência em grau de importância mesmo  e a indicação da maior estrela brasileira da atualidade como um dos afetados parte de uma opinião própria. Neymar era o principal jogador do Santos e assumiu esse status também com a camisa amarelinha. Virou um monstro e foi ser coadjuvante de Suárez e, principalmente, de Messi. Chegou a ser o melhor do trio MSN em algumas ocasiões, hoje caiu de rendimento nos jogos e foi ofuscado por Gabriel Jesus. Com a mídia em cima da revelação palmeirense, Neymar teve paz após um bom tempo sendo o centro das atenções. Isso tinha acontecido rapidamente após o ótimo início de temporada de Coutinho até o Pequeno Mágico se lesionar. Agora a imprensa, principalmente a brasileira, voltará a bater no camisa 10 do Brasil se ele não subir o seu desempenho, e comparações serão constantes. Ele não pode se deixar abalar por comentários assim e deve seguir em busca de subir o seu desempenho calmamente, como vinha acontecendo enquanto todos só tinham olhos para Jesus.

 

Lucas Tinoco

21 anos, baiano e aspirante a jornalista esportivo. Fanático por esportes em geral, principalmente futebol. Adepto das ligas europeias e do futebol alternativo. Líder do Editorial de Futebol Internacional do HTE Sports.

%d blogueiros gostam disto: