Review Super Bowl XLIX – A ultima vez do New England Patriots

Proximo domingo iremos ter pela nona vez na historia o New England Patriots no superbowl, e dentre tantas vitorias apertadas, jogos alucinantes e de grandes upsets em que ocorreram escolhi trazer o Superbowl XLVIX, afinal foi o melhor jogo que eu vi desde comecei acompanhar NFL lá em 2009, claro não tem comparação ver seu time levantando o troféu, mas, não foi fácil para equipe chegar ao Superbowl afinal depois de estar com 2-2 sendo que o massacre que a equipe levou contra o Chiefs pôs em cheque a cabeça de Tom Brady e Bill Belichick na época, onde a famosa frase “We’re on to Cincinnati” mudou a equipe da agua pro vinho fazendo a equipe terminar 12-4 na temporada, o outro finalista o Seahawks chegou a estar 3-3, mas conseguiu se reabilitar e terminou também 12-4.

Ambas as equipes entraram no divisional round, na qual o Seahawks passaram sem sustos pelos Panthers, porém o Patriots teve um jogo duríssimo contra o Ravens revertendo por duas vezes a desvantagem de 14 pontos, e sem jogo corrido (líder de carregadas da equipe teve 8 jardas e foi Tom Brady), nas finais de conferencia os papeis se inverteram os Pats atropelaram os Colts e o Sehawks fez um dos melhores jogos da temporada contra o Packers com direito a virada com onside kick, prorrogação e tudo que tinha direito, ambas equipes chegavam a Pheonix de forma diferente, enquanto os Seahawks eram uns heróis pelo ultimo jogo os Patriots eram vistos como vilões pelo episodio do DeflateGate.

Chegado o grande dia Seahawks tinham a melhor defesa da liga, e a melhor OL, Russel Wilson em uma sitonia apurada com Doug Baldwin e Jermaine Kearse, e claro Marshawn Lynch jogando muito. Os patriots contavam com Gronkowski e Julian Edelman em grande fase e Brady com sangue nos olhos, uma defesa que jogava em Nickel com 3 CB experientes e uma dupla de LB explosivas. Com direito a muita vaia a Bill Belichick o jogo começou com trocas de punts, até uma campanha longa na qual Brady chegaria a redzone e seria interceptado por Jeremy Lane que quebraria o braço no lance, facilitando o resto do jogo para os Patriots.

No incio do segundo quarto Seahawks não progrediam afinal Lynch estava sendo contido e a secundaria não abria espaços, após uma campanha exelente de New England na qual se explorava bastante Tharold Simon que havia entrado no lugar de Lane, Brandon LaFell anotou o primeiro TD do jogo. Sem conseguir implementar um ritmo em campo Seahawks utilizou um Matchup para avançar no campo Chris Matthews wr bastante alto alinhou com slot CB e conseguiu avanços importantes para o TD de empate anotado por Lynch numa corrida de uma jarda. Patriots respondeu no drive seguinte depois de boas recepções curtas, finalmente Gronk se encontrava com um LB no mano a mano e não deu outra TD New England, já se encontrava no final do segundo quarto, mas Wilson se aproveitou de faltas e grandes ganhos de jardas e empatou no ultimo segundo com TD de Mattews.

TD de Rob Gronkowski no superbowl

 No terceiro quarto as coisas mudaram e os Patriots sofreram dez pontos seguidos após uma interceptação de Brady e um TD de Doug Baldwin, a situação não era das melhores a linha ofensiva não dava tempo ao ataque a defesa não parava Chris Mattews e os 3 e 4 CB da equipe não jogavam bem até o momento.

No ultimo período a grande reviravolta após um ajuste na defesa na qual Brandon Browner passou a marcar Chris Mattews e a entrada de Malcolm Butler como marcador de Kearse fizeram a defesa melhorar, falta o ataque e com uma lesão do DE Cliff Avril (concussão) , fez o QB de New England ter mais tempo em campo e com duas campanhas beirando a perfeição virou o placar em dois TDs, anotado por Danny Amendola e Julian Edelman. Já prestes a acabar o superbowl Seattle se encontrava a 2 min do fim para anotar o TD da vitória e sagrar-se campeão.

Doug Baldwin aumentou a diferenca no terceiro quarto para 10 pontos

A defesa sedia poucos espaços e as janelas de passe estavam cada vez mais difíceis para Russell Willson, mas acontece um lance sensacional em um passe lançado na direção de Kearse, butler devia o passe, só que o WR mantem ela viva e com quatro tapinhas tinha assegurado uma primeira para TD, com um minuto do relógio. Uma corrida de Marshawn Lynch e foi parado a uma jarda da gloria por Dont’a Hightower, e de repente se espera um timeout que não acontece, Wilson estava surpreso e NE manda uma defesa pesadíssima com 4 DT 2 DE 2LB e 3CB, Seattle resolve passar a bola numa das jogadas mais confiáveis da liga e por brincadeira do destino o garoto que ninguém conhecia intercepta a bola e da o Superbowl para o Patriots, pode se dizer que nascia ali a lenda de Malcolm Butler de 5 CB do elenco a herói do jogo mais importante do ano.

 

 

Remisson Negreiros

Um brasileiro, louco por NFL e adora uma boa discussão, fala umas groselhas em outros sites. e no twitter @remissonplay10

%d blogueiros gostam disto: