Rodada UCL #7 – GOLS

Os quatro primeiros jogos de ida das oitavas de final da Champions League 2016/17 reservaram boas surpresas, muitos e belos gols. PSG e Bayern jogam a volta com ótima vantagem e com um pé e uns dedos na próxima fase. Benfica tem tarefa difícil pra segurar o Borussia na Alemanha e Napoli x Real promete ser jogão pelo bom futebol apresentado pelas duas equipes na temporada regular.

BENFICA X BORUSSIA DORTMUND

Diferente dos outros jogos, Benfica e Borussia Dortmund teve apenas um gol, mas não foi por falta de chances. O Borussia foi a Portugal com o desejo grande de sair com a vitória e criou muitas oportunidades, mas não obteve êxito nas finalizações. Aubameyang, por exemplo, perdeu duas cara a cara com o goleiro mandando por cima e ainda perdeu um pênalti, em defesa fácil no centro do gol do brasileiro Ederson, que por sinal, fez uma bela partida e foi um dos principais responsáveis em segurar o resultado em casa. Tem bola pra seleção brasileira. O gol do Benfica saiu no início do segundo tempo: Pizzi cobrou escanteio, Luisão, que fez partidaço em seu jogo de número 500 pelo Benfica, cabeceou pro gol e a bola parou em Mitroglou perto da trave, que meio desajeitado, meteu para as redes e levantou a torcida no Estádio da Luz. Jogo de volta será no dia 8 de março, e o Benfica deve jogar mais fechado ainda para segurar o Dortmund e toda sua torcida no Signal Iduna Park.

A bola ainda desviou no companheiro antes do Ederson pegar essa

PSG X BARCELONA

Paris Saint-Germain e Barcelona talvez tenha sido a maior surpresa da rodada. O PSG era muito rápido em suas ações e quis mostrar que era o mandante da partida. Logo o placar foi aberto: Dí Maria aproveitou um espaço por cima da barreira em cobrança de falta e abriu o marcador para o PSG aos 18 minutos. A partir daí, os franceses comandaram as ações da partida e manteve o ritmo para ampliar o placar: aos 40’, Verratti saiu carregando a bola no meio e passou para Draxler na entrada da área bater no cantinho de Ter Stegen. Aliás, uma boa contratação do PSG o alemão, jovem e promissor que estava se perdendo na Alemanha, excelente reforço para a Champions League. O Barcelona não tinha meio-campo praticamente, Iniesta, vindo de lesão, pouco participou, André Gomes mais uma vez bem abaixo da média e Busquets não conseguia acompanhar as investidas do adversário. Assim como o segundo, o terceiro e o quarto gol foram em jogadas semelhantes: carregando a bola do meio até o ataque sem receber marcação e tentativas efetivas de desarmes. No terceiro, Dí Maria recebeu de Kurzawa, carregou a bola para o meio e bateu colocado sem chances para o goleiro. No quarto gol, Meunier saiu levando a bola do campo de defesa e serviu Cavani dentro da área pra fechar a conta. O PSG entrou focado, motivado e no gás de vitória, jogou assim toda a partida: um “rolo compressor” no primeiro tempo e teve sabedoria para aumentar a vantagem no segundo. O Barcelona foi apático, sem criação e sem poder de combate. Desmotivado para a partida no dia 8, dificilmente reverte essa goleada no Camp Nou.

Dí Maria marcou dois em seu aniversário

BAYERN X ARSENAL

O Bayern ficou atrás do Atlético de Madrid na fase de grupos e fez o primeiro jogo na Allianz Arena contra o Arsenal. Começo infernal contra os ingleses e Robben achou um gol no seu melhor estilo, da direita pra dentro e bate colocado, logo aos 11 minutos. Mesmo atrás do placar, o Arsenal conseguia segurar o adversário e empatou a partida com Alexis Sanchez, em rebote de pênalti perdido pelo próprio chileno aos 30’. Final de primeiro tempo e o time de Londres se defendia como podia, mas segurava os avanços. Na volta, começou o despenco do Arsenal aos 8’: Lahm cruzou na cabeça de Lewandowski que meteu pras redes. Aí os ingleses se perderam e o Bayern tirou proveito da situação. 3 minutos depois, Xabi passou pra Lewa, que meteu uma letra e deixou Thiago sozinho para marcar o terceiro. O quarto veio na pressão, aos 18’: Lewandowski acertou o travessão com Ospina longe do gol, bola sobrou pra Robben que bateu e o zagueiro conseguiu salvar. Escanteio, Javi Martinez cabeceia e Ospina defende no reflexo. Mais um escanteio, e depois de bate rebate, a bola sobra para Thiago na entrada da área bater, a bola sofre um desvio e mata o goleiro na jogada. Perto dos acréscimos e o Bayern marcando pressão na saída de bola, que valeu a pena: Chamberlain bobeou e soltou no pé de Thiago, que serviu Muller e fechou a conta em 5 a 1. Pela sétima vez seguida o Arsenal deve cair nas oitavas da Champions. Jogo de volta dia 7 de março.

O também brasileiro Thiago jogou mais avançado e marcou dois

REAL MADRID X NAPOLI

Real, que também passou como segundo em seu grupo, começou a se impor no Bernabeu logo aos 30 segundos, em passe de Cristiano para chute de Benzema que parou em boa defesa de Reina. Mas aos 8 minutos, Hamsik pegou a defesa madrilenha mal posicionada e rolou para Insigne, que de longe, viu Navas mal colocado e meteu de chapa sem chances para o goleiro. Em casa, o Real tinha que sair pra buscar o gol o mais rápido possível, e ele veio aos 18’, em belo cruzamento de rosca por Carvajal para Benzema empatar. O lateral do Real vive excelente fase, talvez o melhor lateral da temporada no futebol. Primeiro tempo de boas chances para os dois lados, o Napoli soube jogar contra o Real. Na volta, o time de Madri foi mais direto e com 10’ já vencia por 3 a 1: o segundo gol, Ronaldo fez boa jogada individual na direita e só rolou para Kross, vindo de trás, colocar no canto de Reina. O terceiro, disputa pela bola na área do Napoli e a bola sobrou no pé de Casemiro, pegando na veia e no alto para meter no fundo da meta do Napoli. O jogo em Napoles será na terça-feira dia 7 de março e, apesar da vantagem, os italianos têm grandes chances de passarem se manterem o mesmo futebol apresentado no jogo de ida.

Casemiro pegou na veia e fechou a conta para o Real

Igor Paulinelly

20 anos, estudante de engenharia e natural de Currais Novos/RN. São-paulino e amante do futebol desde Brasil vs Costa Rica às 3 da manhã em 2002. Social: @igorpaulinelly

%d blogueiros gostam disto: