Violência nas torcidas: até quando?

Futebol não são apenas 22 pessoas correndo atrás de uma bola, futebol é paixão, é emoção, é um espetáculo, é uma vida. Uma parte essencial do futebol é o amor das torcidas, torcedores que apoiam o time, que dão show nas arquibancadas, porém no Brasil ainda convivemos com um problema frequente: a violência entre torcedores, sejam rivais ou por vezes apaixonados pelo mesmo time, qual a explicação para que com todas as evoluções relacionadas ao esporte, a violência entre torcidas ainda se mantem?

O último caso foi no clássico carioca entre Flamengo e Botafogo no Estádio Nilton Santos, onde um torcedor botafoguense acabou morto após confusão entre torcidas organizadas, o grande ponto é: não são todos os torcedores que se envolvem nesses problemas, são torcidas organizadas que normalmente são financiadas pelo clube e saem impunes após tais acontecimentos.

95% dos torcedores são pessoas comuns que vão ao estádio apenas para se divertir e levam as rivalidades de maneira amistosa, porém os outros 5% vem de vândalos que se infiltram no meio das organizadas para realizar esses confrontos, por que quem tem tais atitudes não são torcedores, apenas vândalos que se aproveitam da impunidade que as organizadas têm no Brasil.

Existe uma solução simples para acabar com esses problemas, todos os envolvidos nesses confrontos devem sofrer as consequências que um cidadão normal sofreria, além de tudo não poderiam entrar mais em estádios de futebol, banir os envolvidos já diminuiria os problemas, mas não extinguiria, pois, esses “torcedores” acabam se encontrando fora do estádio antes ou depois dos jogos para se enfrentar. Punições severas devem ocorrer, os clubes não podem passar a mão por cima apenas por esses indivíduos serem de torcidas organizadas ligadas ao clube.

Apenas punições severas irá parar tais confrontos, enquanto os clubes e a justiça brasileira for falha em relação a esses indivíduos sempre irá ocorrer tragédias como a do último clássico carioca, esses “torcedores” fazem isso pois sabem da impunidade que recebem, se não mudar a punição, coisas desse tipo infelizmente continuarão acontecendo.

Leonardo Pereira

Estudante de jornalismo e criador de teses sem noção nos momentos vagos. Twitter: @oOutroLeo

%d blogueiros gostam disto: