VIVO ESSA PAIXÃO #3 – Agora só falta a classificação!

 A partida foi disputada, o time entrou com Montillo em campo, mesmo não estando 100%. O time dos caras começou até que bem, eles cruzaram muito, mas na maioria das vezes o garoto Marcelo afastava. O Botafogo também abusava dos cruzamentos, buscando o Roger claro, tem estatura boa e é muito bem no jogo aéreo, muitos cruzamentos vieram do Pimpão, nunca dava certo.

 Aos 14 minutos Montillo sentiu a panturrilha e teve que sair, todo o esquema planejado por Jair foi por água a baixo. João Paulo entrou, o time tinha pouco tempo para se adaptar a nova tática. Surge um lateral para o Glorioso, Victor Luis arremessou na área e Roger escorou a bola sobra pra Pimpão, (sim, ele novamente) acertou uma bicicleta e tirou o time do sufoco.

 O nosso camisa 9 perdeu umas duas chances de gol, um atacante como o Roger, experiente, não pode perder gols, faltou calma para a bola entrar. Mas apesar do jogo ter terminado 1×0 não sofremos gols em casa, o empate no Emanuel Ferreira é nosso, se continuarmos no mesmo nível a classificação vem.

Perdemos Montillo e Bruno Silva, precisamos deles para o jogo de volta, vai ser duro. O time do Olimpia não é essas maravilhas, mas vão decidir em casa e isso pesa bastante. Lembrando que os paraguaios perderam para o del Valle fora e reverteram o resultado no Emanuel Ferreira, atenção redobrada no jogo de volta.

Por Marco Eduardo

AVALIAÇÃO INDIVIDUAL 

HELTON MILK: 7.0

Mais seguro que o Pequeno Gato. Fez uma defesa difícil na única bobeada da defesa no jogo.

JONAS: 6.0

Na defesa continua mais perdido que cupim em metalúrgica, mas no apoio dessa vez foi razoável. Participou do gol com aquela cobrança de lateral “Stronda”, colocando a bola quase na marca do pênalti. Pode melhorar…

EMERSON SILVA: 7.0

Quando exigido, não comprometeu, guardou bem a posição. No geral, o sistema defensivo do Botafogo foi perfeito.

MARCELO: 8.5

Outra partida espetacular do nosso xerife. Ganhou todas as divididas, antecipou jogadas, está muito bem. Com clima da Libertadores.

VICTOR LUIS: 6.0

Foi bem na marcação, mas nada acrescentou em suas investidas ao ataque. Mesmo assim, demonstrou raça e vontade, como de costume.

AIRTON: 7.0

Apesar do cartão amarelo bobo (por reclamação), foi um guardião no meio campo. Enquanto esteve na partida, foi preciso nos desarmes e distribuiu bem as jogadas pelo centro.

BRUNO SILVA: 6.5

Sentiu dores e precisou ser substituído, porém durante o tempo em que estava atuando ajudou muito no ataque, como elemento surpresa, e na defesa, ajudando na cobertura do lateral Jonas.

CAMILO: 4.5

De mito não teve nada. Um belíssimo chapéu e nada mais. Parece ter sentido o tempo parado recuperando de lesão. Estava sem ritmo e atrasou vários contra-ataques.

MONTILLO: –

Tempo insuficiente para avaliação. Com 15min sentiu lesão e precisou sair. Preocupa para a próxima partida no Paraguai.

RODRIGO PIMPÃO: 8.5

Correu o jogo todo. Como sempre, deu a vida em campo. Até carrinho no companheiro ele deu. Acertou tudo que tentou. Muito criativo, chapéu e caneta fizeram parte do seu repertório. Além de deixar seus companheiros em boa situação por diversas vezes. O golaço apenas ratificou sua grande atuação. PEDALA, PIMPÃO!

ROGER: 5.0

Um centroavante não pode perder as oportunidades que perdeu ontem. Segurou bem a bola lá na frente, mas desperdiçou algumas chances de contra-ataque. Precisa melhorar²…

JOÃO PAULO: 6.5

Entrou na vaga de Montillo, distribuiu bem as jogadas no meio campo e foi seguro na marcação. Entretanto, faltou velocidade para puxar os (tão citados por mim) contra-ataques.

GUILHERME: 5.5

Esse sim tinha a velocidade para contra-atacar. Tentou, mas não foi efetivo.

MATHEUS FERNANDES: 6.0

Quando o time parecia estar morrendo, renovou as energias no meio. Atrapalhou muito as tentativas de investidas do Olimpia. Esse vai nos dar muitas as alegrias no futuro. Coquinho é fera!

JAIR VENTURA: 7.0

Arrumou a equipe de uma maneira que não sofreu riscos. Faltou colocar o time um pouco mais para frente e incentivar (MAIS UMA VEZ!!!!) os contra-ataques. Espaço tinha, só não foram bem explorados.

Por Bernardo Claro

Marco Eduardo

Botafoguense, estudante, e apaixonado pelo futebol ⚽️ Twitter: marcotesilva

%d blogueiros gostam disto: