A voz que marcou o esporte no Brasil: Luciano do Valle

A partir de hoje, traremos uma série, onde a cada matéria, contaremos a historia dos 5 maiores narradores da TV brasileira. E para começar, resgatamos um dos maiores, se não o maior, narrador do esporte brasileiro, Luciano do Valle.

Luciano do Valle participou da cobertura de 5 Copas do Mundo, durante os seus 31 anos de carreira.

Tido por muitos como grande influenciador das transmissões esportivas na TV, Luciano do Valle marcou época narrando diversos esportes, como Boxe, Vôlei, Basquete, e claro, o futebol, por onde mantinha seu maior numero de fãs, que se encantavam com a sua maestria em narrar.

Luciano trazia a capacidade de esmiuçar os lances, vinda do rádio, onde trabalhou por 7 anos se dedicando a algumas rádios de Campinas, onde nasceu, e logo depois passando para a Rádio Gazeta, e futuramente a Rádio Nacional, onde teve seu auge na cobertura do tri Mundial da Seleção Brasileira, na Copa de 1970, no México.

Após o período de rádio, do Valle passou a fazer parte da equipe de esportes da Rede Globo de Televisão, onde trouxe as emoções da Fórmula 1, Copa do Mundo de 1978 na Argentina, e 1982 na Espanha, alem dos jogos olímpicos de 1976, em Montreal. Dentre os momentos marcantes na emissora global, podemos citar a vitória de José Carlos Pace no GP do Brasil de 1975 e o acidente de Niki Lauda no GP da Alemanha de 1976. Logo depois do mundial de 82, o narrador foi para o grupo Record, onde ficou por 1 ano, se mudando para a Bandeirantes, onde ficaria ate os seus últimos dias de vida.

Na Band, Luciano foi o grande precursor das transmissões da NBA nas madrugadas, trazendo conhecimento do esporte americano aos brasileiros. Além disso, do Valle tornou conhecidos no cenário nacional, atletas como Maguila no boxe, Rui Chapéu na sinuca, Paula e Hortência no basquete, dentre outros. Mas, por conta de alguns problemas nos últimos anos de carreira, o narrador teve de reduzir suas atividades empresariais, tendo continuado a narrar o Campeonato Brasileiro pela emissora do Morumbi.

Relembre 5 grandes momentos narrados por Luciano do Valle:

 

Em janeiro de 2012, Luciano teve um AVC que o obrigou a passar por sessões de fonoaudiologia para reaprender a falar. Ao tentar voltar rapidamente às transmissões durante uma partida entre Santos e Palmeiras pelo Campeonato Paulista, o narrador cometeu diversas gafes e foi motivo de chacota entre os telespectadores. Ele revelou o caso publicamente somente em 2013. Por conta de uma operação na bexiga. Mesmo com a saúde debilitada, não se afastou das transmissões e comandava a partida principal do fim de semana na Band. Seu último trabalho foi a narração da final do Paulistão de 2014 entre Santos e Ituano.

O falecimento de Luciano do Valle ocorreu dois meses antes do início da Copa do Mundo no Brasil. Fato que chocou inclusive esse que vos escreve, com pranto e dor, por ter perdido uma referência no esporte. A fatalidade aconteceu quando a equipe da Bandeirantes seguia para Minas Gerais, onde transmitiria a partida entre Atlético Mineiro x Corinthians, pelo primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O narrador vinha reclamando de dores constantes nas costas, dentro do avião que transportava a equipe da Bandeirantes. Ao chegar em Minas, Luciano teve dificuldades para sair do avião e se dirigir ao setor do desembarque. O médico já havia solicitado uma ambulância, que o levou até o Hospital Santa Genoveva. Mesmo sendo socorrido às pressas, o narrador não resistiu, e morreu. A causa da morte foi um infarto agudo do miocárdio.

Segundo sua esposa, Flávia do Valle, Luciano morreu sem realizar um de seus maiores sonhos, que seria a cobertura dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Em toda sua carreira, o intuito do narrador foi sempre trazer novos atletas de várias modalidades, para o conhecimento do público. A transmissão das olimpíadas, seria um feito histórico em sua carreira.

Simplesmente fantástico no que fazia, Luciano do Valle deixou consigo uma legião de fãs que admiravam o seu trabalho. Mesmo com tantos jovens narradores se inspirando nele, será difícil encontrar alguém que chegue ao seu patamar no esporte.

 

Rafik Oliveira

Amante de várias modalidades esportivas, trago à tona diversos temas que abordam o cenário nacional, sempre com uma visão diferenciada para cada esporte.

%d blogueiros gostam disto: