ACADEMIA ALVIVERDE #25 – É dia de guerra. Vocês estão prontos?

Texto: Helena Victoretti

Corneta, elogia, corneta elogia, corneta, elogia. Assim tem seguido o ciclo do torcedor palmeirense. Como se o time estivesse andando na corda bamba, ora tropeça, ora persiste firme durante o trajeto. Mas afinal, de quem é a culpa? Quem está errado nessa história? O elenco, o técnico ou o torcedor? Eu, uma leal corneteira diria que a impaciência de todas as partes estão fazendo com o que time seja inconstante. O palmeirense fanático é um ser irracional movido pela paixão, então é natural perder a calma nas derrotas e se empolgar demais perante as vitórias. O elenco está misto, tem gente nova no pedaço, tem gente indo embora e tem gente que permaneceu. Esse mês será crucial para decidir o ano do Palmeiras, a Libertadores está batendo na porta, o time está começando a entrosar, as peças ao poucos vão se encaixando, o técnico vai trabalhando. Se um machuca, o reserva pode dar conta. E quem é palmeirense sabe que antes de 2015, mal podíamos contar com o time titular imagine com o reserva?! O Eduardo Baptista é um novato na Libertadores talvez isso seja preocupante, mas temos pessoas preparadas no elenco, como os experientes Zé Roberto e Felipe Melo, temos o decisivo Dudu, Guerra e Borja, o Tchê Tchê que é multifuncional, o ídolo Prass e mesmo com Moises machucado, o que não falta são opções no meio campo.
O que falta é a harmonia, o equilíbrio entre clube, torcida e time. Se as 3 peças cruciais estiverem encaixadas e caminhando juntas, o Palmeiras tem tudo para ser campeão. É tudo questão de trabalho e tempo, somos um dos clubes mais valiosos da América atualmente, temos um dos melhores elencos e uma torcida leal de norte a sul, apesar de tudo. Conter a ansiedade é difícil, porém é necessário no momento. Não é hora para ninguém cair na pressão da mídia e dos rivais, é hora de foco, é hora de apoio, é hora de Libertadores, é hora de ser campeão mais uma vez. Não precisa crer em técnico, nem em jogador, muito menos em meu texto. Creia na história do Palmeiras, creia no peso da camisa, creia na 12 abençoada de São Marcos para Borja, creia na magia de 1999. Creia na Sociedade Esportiva Palmeiras! É dia de guerra. Vocês estão prontos?

08/03/2017 – Palmeiras x Atlético Tucumán, no estádio Monumental José Fierro, na cidade de San Miguel de Tucumán, às 21h45.
Dedico esse texto para todas mulheres fanáticas por futebol, para todas as palestrinas. Lugar de mulher é no campo, na arquibancada e na mídia esportiva. Feliz dia da mulher, somos a resistência.

%d blogueiros gostam disto: