BrazucasNaLiberta #1 – Ressurgimento da Chape e goleada do Fla

A partir desta data, teremos uma coluna especial, onde traremos as informações e os resultados das equipes brasileiras que disputam a Conmebol Libertadores Bridgestone 2017. Você que é torcedor, não pode deixar de acompanhar a sua equipe pelo HTE Sports.

Zulia 1×2 Chapecoense

Após a tragédia em novembro de 2016, a Chape novamente decolava em solo sul-americano. Desta vez, a parada seria na Venezuela, onde enfrentaria o Zulia, clube com pouco mais de 10 anos de história, que contava com jogadores experientes, como o goleiro Renny Vega, e o atacante Arango, com passagens pelo Mallorca e Borussia M’gladbach.

A equipe catarinense ainda vem construindo seu elenco, e no início da partida encontrou dificuldades, por conta do gramado em más condições, no estádio Pachencho. A equipe dirigida por Vagner Mancini, chegava com pouca criatividade ao ataque, mas mesmo assim, dava trabalho à equipe venezuelana. O gol que inaugurou o marcador, saiu dos pés de Reinaldo, numa cobrança do lado direito do campo, onde o lateral da Chape, bateu direto pro gol. O defensor do time venezuelano ainda tentou desviar a bola, mas acabou cabeceando contra a sua meta.

Na segunda etapa, a Chapecoense sentiu o cansaço da viagem, e não chegava com muita força ao ataque, subindo apenas de 3 á 4 jogadores para seu campo ofensivo, dando espaços ao Zulia, que com o atacante Arango, chegou 3 vezes com perigo à meta de Artur Moraes.  A Chape ainda conseguiu ampliar o placar, após Luiz Antonio receber boa bola de João Pedro e bater direto e forte na direção do gol, de fora da área, fazendo 2×0 para a equipe visitante.

A entrada de Apodi no lugar do atacante Arthur, deu novo gás á equipe catarinense, que chegou duas vezes com perigo ao gol venezuelano. Mas aos 33 minutos da segunda etapa, após cobrança de escanteio no segundo pau, Nathan errou o bote por cima, Zambrano cabeceou nas costas do zagueiro, e Arango desviou para as redes, diminuindo o placar.

Com a vitoria, a Chape conseguiu o seu primeiro triunfo jogando fora de casa, em competições internacionais.

Na próxima rodada, a Chapecoense enfrentará o Lanús, na Arena Condá. A partida será realizada no dia 16 de Março (Quinta-feira).

Flamengo 4×0 San Lorenzo

Diante de pouco mais de 60 mil espectadores no Maracanã, o Flamengo não encontrou dificuldades diante de um San Lorenzo sem ritmo de jogo, e goleou a equipe argentina por 4×0.

Vindo da ultima partida em 19 de dezembro de 2016, por conta de paralisação no campeonato argentino, o San Lorenzo se preparou para a estreia da Libertadores, apenas com amistosos, o que certamente não seria suficiente para enfrentar um time embalado por vitorias, como vinha o rubro-negro.

A primeira etapa foi marcada por chances de ambos os lados. Por ser a estreia na competição sul-americana, o Flamengo sentiu um pouco a pressão no começo, dando algumas brechas para a equipe argentina finalizar ao gol de Alex Muralha.

Apenas no segundo tempo, o Fla conseguiu deslanchar. Numa cobrança de falta, o goleiro Torrico do San Lorenzo, ainda arrumava a barreira, quando Diego cobrou no meio do gol, por cima da barreira, pegando o arqueiro de surpresa. O segundo gol foi marcado por Trauco, apos receber bola na intermediaria, e soltar uma bomba, na gaveta, sem chance para o goleiro da equipe argentina

O 3×0 aconteceu, depois de confusão na área do San Lorenzo, e a bola sobrar pra Rômulo, que de cabeça, quase sem angulo, empurrou a bola no canto esquerdo da meta. Pra fechar o placar, Gabriel recebeu bola na entrada da área esquerda, puxou para a perna direita e bateu de chapa, no ângulo de Torrico.

Na próxima rodada, o Flamengo vai ate o Chile enfrentar a Universidad Católica. A partida acontece na próxima quarta (15), 21:45 da noite

Outros resultados dos brasileiros:

Atlético Paranaense 2×2 Universidad Católica
Godoy Cruz 1×1 Atletico Mineiro
Atlético Tucuman 1×1 Palmeiras
Zamora 0x2 Gremio
Sporting Cristal 1×1 Santos

Rafik Oliveira

Amante de várias modalidades esportivas, trago à tona diversos temas que abordam o cenário nacional, sempre com uma visão diferenciada para cada esporte.

%d blogueiros gostam disto: