HOSPÍCIO #98 – A 4ª força é forte

A 4ª força de São Paulo. Talvez, 5ª. Era o que muitos jornalistas e entendidos de futebol diziam, antes da temporada começar. Realmente, até a torcida corinthiana não acreditava muito no time, mas sabia, lá no fundo, que o Corinthians poderia surpreender. Como sempre fez, faz e fará. Pois bem, o campeonato paulista iniciou, o time foi se fortificando e o status o status de 4ª força ficou para trás.

 

 

Ir contra todas as expectativas é o prazer do Corinthians. É a fama do clube. Em 2017, isso não tem sido diferente. Melhor campanha do campeonato paulista, isolado, bem à frente dos outros 3 (ou 4) grandes do estado.

Foram dois clássicos e duas vitórias. Fábio Carille, Osmar Loss e companhia têm grande participação nisso. Nos dois jogos contra os considerados times mais fortes de São Paulo, o Corinthians dominou as ações. Jogou muito bem de acordo com a sua proposta de jogo. E, principalmente contra o Santos, jogou muito melhor que o adversário. Cabe parabenizar a comissão técnica e o time todo pelas duas vitórias. E ressaltar Jô, que chegou, também, muito contestado, e decidiu os dois clássicos.

O Corinthians é isso. É o imponderável. É o inexplicável. Nem todo o dinheiro do Mundo faz com que o clube se apequene. E nenhuma classificação de campeonato definirá essa grandeza. Vai Corinthians

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: