Vettel vence GP da Austrália e quebra tabus para a Ferrari

Sebastian Vettel é o primeiro vencedor da temporada 2017 da Fórmula 1. Em uma corrida disputada, o piloto da Ferrari adotou boa estratégia, ultrapassou Hamilton após seu pit-stop e conseguiu manter-se firme na ponta para vencer a corrida. Além de dar boas expectativas para a escuderia italiana, o triunfo de Vettel marcou a quebra de alguns tabus. A Ferrari não vencia desde o GP de Singapura de 2015, quando o próprio Vettel foi o vencedor no circuito de rua de Marina Bay. A Ferrari também não liderava o Mundial de Pilotos há 1625 dias.

INÍCIO QUASE LIMPO

A primeira largada foi abortada devido a um problema na formação do grid de largada. Com isso, a corrida que teria 58 voltas acabou tendo 57 no total. Quando as luzes se apagaram e o giro dos motores subiu, tudo na mais tranquila “paz”. Hamilton manteve a liderança, nenhum acidente na primeira curva. Somente mais a frente que Ericsson e Magnussen se tocaram, foram para fora da pista, mas nenhum dos dois abandonou por conta do incidente.

ESTRATÉGIAS

Hamilton foi o primeiro dos carros da frente a fazer um pit-stop. Felipe Massa também se adiantou e colocou pneu super macio. A estratégia acabou mostrando-se não muito favorável, já que Hamilton foi ultrapassado por Vettel e Massa perdeu muito tempo atrás de Kvyat.

NÃO FOI COMO ELE ESPERAVA

O final de semana de Ricciardo não foi como ele esperava. O australiano acabou tendo que largar dos boxes e só conseguiu sair de lá após a segunda volta, ficando atrasado em relação ao restante da corrida. Para piorar ainda mais a situação, o piloto da Red Bull acabou abandonando a prova na volta 29.

DEMOROU, HEIN?

Daniil Kvyat, da Toro Rosso, buscou uma estratégia diferente. Ele ficou 34 voltas na pista, fazendo seu pit-stop apenas na 35ª.

O VERMELHO VOLTA A DOMINAR!

Sebastian Vettel foi o grande vencedor da prova e com méritos. Conseguiu através de seu desempenho na pista, voltar dos boxes na frente de Hamilton e segurou o resultado até o final da prova. Promessa de um ano muito mais disputado e sem “monópolio” de uma equipe apenas, como foi na última temporada.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DA AUSTRÁLIA

1º Sebastian Vettel (Ferrari)
2º Lewis Hamilton (Mercedes)
3º Valtteri Bottas (Mercedes)

4º Kimi Raikkönen (Ferrari)
5º Max Verstappen (Red Bull)
6º FELIPE MASSA (Williams)
7º Sergio Pérez (Force India)
8º Carlos Sainz (Toro Rosso)
9º Daniil Kvyat (Toro Rosso)
10º Esteban Ocon (Force India)

11º Nico Hulkenberg (Renault)
12º Antonio Giovinazzi (Sauber)
13º Stoffel Vandoorne (McLaren)

Abandonaram:
Fernando Alonso (McLaren)
Kevin Magnussen (Haas)
Lance Stroll (Williams)
Daniel Ricciardo (Red Bull)
Marcus Ericsson (Sauber)
Jolyon Palmer (Renault)
Romain Grosjean (Haas)

PRÓXIMA CORRIDA

A Fórmula 1 retorna no próximo final de semana para o GP da China, em Shanghai. A corrida está marcada para a madrugada do domingo (9).

Heider Mota

Baiano, 21 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes. Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: