As 5 maiores brigas envolvendo equipes brasileiras

Texto: Bianca Ramos

O futebol é um esporte muito bonito; as jogadas ensaiadas, os golaços, mas as pancadarias estão tão presentes no esporte  quanto esses outros elementos mencionados. Quando a emoção fala mais alto, alguns jogadores perdem a cabeça e acabam agredindo um adversário ou até mesmo um companheiro de equipe. Relembre aqui as 5 maiores brigas envolvendo equipes brasileiras:

1- Palmeiras x Corinthians – 1999

Na final do Campeonato Paulista de 1999, no Morumbi, o Corinthians já estava com uma mão na taça quando Edilson, o “capetinha” começou a fazer embaixadinhas para provocar os jogadores do Palmeiras. Paulo Nunes e o jogador Júnior perderam a cabeça e começaram a deferir chutes no jogador. Aí a confusão tomou conta do gramado e a briga começou.

2- Brasil x Uruguai – 1976

Na extinta Taça Atlântico, em 1976,  o jogo acabou e apontava 2 a 1 para a seleção brasileira. Isso foi pretexto para Suárez ir para cima de Rivellino. O jogador uruguaio estava tão exaltado que Rivellino precisou se jogar nas escadas no vestiário para escapar da briga. Enquanto isso, os outros jogadores se agrediam no gramado e uma confusão generalizada deu-se início.

3- Atlético-MG x Lanús – 1997

Talvez uma das brigas mais graves envolvendo equipes brasileiras. Numa partida pela Copa Mercosul, o galo goleou o time argentino. No fim do jogo, uma briga tomou conta do gramado e o técnico Emerson Leão, na época comandando o Atlético, foi gravemente ferido e precisou passar por uma cirurgia no rosto.

4- São Paulo x River Plate – 2003

Na semifinal da Copa Sul-Americana de 2003, os são-paulinos partiram para cima dos jogadores do River Plate e a cena de Luís Fabiano disparando uma voadora no adversário é famosa até hoje.

5- Fluminense – Romário x Torcedor

Quando o tricolor das Laranjeiras passava por uma fase muito difícil, os torcedores foram até o Centro de Treinamento do clube para protestar. Além de músicas ofensivas, os torcedores chegaram até a jogar galinhas no gramado. Romário, esquentado como era de se esperar, partiu para cima desse grupo de torcedores e encheu um deles de pancadas, juntamente com um fisioterapeuta do clube e alguns seguranças. Após tirarem o baixinho da briga, a confusão se arrastou entre o grupo de torcedores e os seguranças.

As brigas não param por aí, a lista de polêmicas envolvendo equipes brasileiras é extensa. Essas foram apenas algumas que marcaram a história do esporte.

%d blogueiros gostam disto: