Celebridades e suas paixões pelo futebol #5 – Viggo Mortensen

Por: Lucas Tinôco

Viggo Mortensen tem 58 anos e é conhecido por seus papéis como Aragorn, na mais que premiada trilogia do Senhor dos Anéis, e também por fazer Nikolai e, mais recentemente, o Ben em Senhores do Crime (2007) e Capitão Fantástico (2016). Foi pelos dois últimos que ele recebeu suas únicas indicações ao Oscar de Melhor Ator.

Nascido nos EUA, Viggo viveu 8 anos na Argentina antes de voltar para o país de origem e, posteriormente, se mudar para a Dinamarca. Foi no país de tradicionais equipes do futebol mundial que ele se tornou um fanático torcedor do San Lorenzo, talvez o mais ilustre deles até a nomeação do Papa Francisco. Ainda jovem, o ator viveu o tempo dos “Cara-sujas”, quando o San Lorenzo tinha em seu elenco jogadores que aprenderam a jogar futebol ao redor do Velho Gasómetro (hoje já Novo Gasómetro), como Doval, conhecido dos torcedores de Flamengo e Fluminense.

Seu amor pelo clube Cuervo fica mais claro a cada aparição do ator, já que de algum modo ele busca sempre homenagear o clube. Já usou a camisa do time debaixo do paletó em algumas ocasiões, mostrou escudo em outras e também já apareceu envolto na bandeira.

Viggo Mortensen com bandeira do San Lorenzo em cerimônia do Oscar

Na festa de 100 anos de existência do clube, ele foi um convidado ilustre e fez uma verdadeira e bela declaração de amor ao time que ama:

– Não sou simpatizante do exterior, sou simpatizante do interior. De todos os corações, de um coração que é nosso, de todos os cuervos. De antes, de agora e de sempre. Comecei com os “carasucias”, quando era pequeno, mas depois da glória dos “Matodores”, pela mudança da minha família aos Estados Unidos, perdi muitos anos gloriosos desse clube. Voltei quando Bambino também voltou para nos levar a Rosário uma nova glória (título de 1995). A maior honra da minha vida é ser torcedor do San Lorenzo. Somos nobres, sabemos ganhar e perder com dignidade – disse.

Placa da capela em sua homenagem (Foto: Daniel Mundim)

Outras ações importantes que ele fez foi doar fundos para a construção de uma capela na sede do clube em Boedo, bairro no qual ele também comprou um terreno de 150m². Hoje o time manda seus jogos no bairro de Bajo Flores, e uma das suas grandes ambições é voltar a jogar no antigo bairro, sonho que deve ser realizado logo, já que em 2014 a equipe anunciou a construção de um novo estádio com conclusão estimada para 2018 após recuperar seus terrenos em Boedo.

Atualmente o San Lorenzo faz campanha mediana no Campeonato Argentino e tem 4 pontos em 4 jogos no Grupo 4 da Libertadores, que tem o Flamengo, o Atlético-PR e o Universidad Católica.

Lucas Tinoco

21 anos, baiano e aspirante a jornalista esportivo. Fanático por esportes em geral, principalmente futebol. Adepto das ligas europeias e do futebol alternativo. Líder do Editorial de Futebol Internacional do HTE Sports.

%d blogueiros gostam disto: