CONHECEMOS TEU VALOR #7 – Hora de tirar o salto alto

Texto: Murilo Bremer

Fala nação,

Hoje, domingo, dia 30, data em que escrevo essa coluna, o Atlético foi humilhado em plena Baixada. Placar de 3-0 para o maior rival, e ficou pouco ainda. E o motivo? Salto alto.

Sem desmerecer o futebol apresentado pelo rival, que hoje foi de alta qualidade e nos engoliu em nossa casa. Mas sim, foi o salto alto nosso principal adversário hoje. Desde o início das ‘tretas’ entre dupla AtleTiba e FPF, nosso time começou a literalmente CAGAR pro certame. Nos classificamos para as quartas de final graças ao Rio Branco de Paranaguá, na última rodada, onde estávamos sendo eliminados enquanto perdíamos um ‘clássico’ contra o Paraná Clube. A arrogância tomou conta.

Desde entrevistas de Paulo Autuori, desvalorizando o campeonato e dizendo que “não colocou ele em seu currículo” (em alusão ao título estadual no ano passado, em cima do Coritiba) até o ponto final, hoje. Time misto em campo, 4 titulares e 7 reservas. E por incrível que pareça, quem BATATOU a partida foram os titulares. Felipe Gedoz, que não acertou nada e acabou expulso, Deivid, totalmente ridículo no jogo inteiro, e Weverton, falhou no segundo gol e poderia ter defendido os outros dois. Toda arrogância foi castigada. O papo “Libertadores da América subiu na cabeça”. Não só dos jogadores, comissão técnica, mas também dos torcedores.

Agora, é hora de pés no chão. Não temos o melhor time do Brasil como estava parecendo, e está cada vez mais claro que está longe do time ideal. Quarta tem o jogo do ano, se ganharmos estamos nas oitavas da Libertadores. Sem esquecer do fiasco de hoje, mas usar isso para melhorarmos e virarmos um time consistente. O time precisa de você na quarta, vá ao estádio e deixe tudo lá. Vamos nos classificar!

E por favor, senhor Gedoz, crie psicológico, pois hoje você foi o pior em campo. Isso não é coisa de camisa 10.

SRN!

%d blogueiros gostam disto: