Os reservas multicampeões

Claro que a maioria dos jogadores vão negar ou aceitar, dizer que aquilo é coisa de grupo, que quando sua oportunidade aparecer ele vai estar pronto pra dar o melhor, ou pelo menos “o que o professor pedir”, mas o fato de ser reserva de seu clube de futebol é meio chato. Nessa lista, contém 5 nomes recentes do futebol que têm bom currículo de campeões, mas que nunca foram a peça chave de suas conquistas.

PINTO

Dez anos de Celta de Vigo e mais seis de Barcelona. Hoje com 41 anos, Pinto pendurou as chuteiras na temporada 2013/2014. Chegou ao Barça em 2007 e virou reserva de Victor Valdés durante sua passagem. No seu último ano foi que passou a receber mais oportunidades, justamente quando Valdés passava por má fase – o que, inclusive, causou a saída do espanhol da meta catalã. No curriculum, Pinto tem: 4 La Liga’s, 2 Copas do Rei, 4 Super Copas da Espanha e foi campeão internacional por duas vezes na Champions League, Supercopa da UEFA e Mundial de Clubes.

Vai pro jogo hoje, Pinto?

MARTIN CÁCERES

O uruguaio Cáceres de 30 anos atualmente joga pelo Southampton, mas já teve passagem por  clubes maiores como Sevilla, Barcelona e Juventus. Na Juve ainda teve bons momentos, mas nunca conseguiu tirar uma vaga na defesa formada por Bonucci, Barzagli e Chiellini. Na Itália, o defensor ganhou a Serie A TIM por 5 vezes, mais 2 Copas da Itália e 3 Supercopas italianas. Venceu a Champions League com o Barcelona em 2009 e foi campeão com o Uruguai na Copa América de 2011.

“Cáceres, traz água!”

FÁBIO COENTRÃO

Coentrão surgiu no Rio Ave de Portugal e logo foi contratado pelo Benfica. Rodou por Nacional de Funchal, Zaragoza e Rio Ave novamente para poder se firmar titular no time do Estádio da Luz. Na temporada de 2011 rumou ao Real Madrid por 30 milhões de euros, pra disputar posição com o brasileiro Marcelo, que não ia bem diante do comandante Mourinho. Infelizmente Coentrão sofreu muito com as lesões depois da ida a Espanha e não rendeu o esperado. Emprestado ao Monaco na temporada passada, o gajo está com 29 anos e hoje integra o elenco do Real, mas pouco participa, sua qualidade só cai. O português já venceu a La Liga, Copa do Rei, Supercopa da Espanha, Campeonato Português, Copa Portuguesa, Champions League , Supercopa da UEFA e Mundial de Clubes.

“Caramba, senti de novo!”

JI-SUNG PARK

Um daqueles bons achados que Sir Alex Ferguson dava, Park chegou ao Manchester United em 2005, vindo do PSV. Meia um pouco versátil, o coreano apareceu em bons momentos na grande fase do United na última década, mas devido à competição, nunca se firmou titular, mas enquanto Ferguson esteve por lá, se fez presente em alguns jogos. Com 36 anos, ele ainda jogou no QPR 2012/2013 e voltou ao PSV para encerrar a carreira em 2014. Na Holanda, venceu o campeonato nacional por duas vezes, além de uma copa e uma supercopa. Pelo Manchester, foram 4 Premier League, 3 Copas da Liga e 4 Supercopas da Inglaterra, além de uma Champions League e um Mundial deClubes.

“Banco de novo.”

KINGSLEY COMAN

O francês de 20 anos estreou no profissional em 2013 pelo PSG e de lá pra cá comemorou título todos os anos. Coman é daqueles caras com potencial que ainda não está completamente pronto, mas entra costumeiramente no segundo tempo pra dar uma mudada na parte ofensiva do seu time. Sua titularidade deve chegar um dia, o garoto sempre teve concorrência pesada em sua posição. Pelo PSG, ele foi campeão nacional duas vezes, mais uma Copa da Liga e uma Supercopa. Rumou a Juventus na temporada 2014/2015. Por lá, ficou um ano, suficiente para levar no currículo a Copa, a Supercopa e o Série A TIM da Itália, e ainda teve um vice da Champions. Na temporada 2015/2016 chegou a ser titular por um jogo na Juventus antes de ser negociado ao Bayern no início da temporada.  Duas temporadas na Alemanha e dois títulos da Bundesliga, mais uma copa nacional e uma supercopa. E contando.

“Acabei de entrar professor!”

Igor Paulinelly

20 anos, estudante de engenharia e natural de Currais Novos/RN. São-paulino e amante do futebol desde Brasil vs Costa Rica às 3 da manhã em 2002. Social: @igorpaulinelly

%d blogueiros gostam disto: