QUEREMOS A COPA #2 – Reflexão

O Grêmio foi prejudicado pela arbitragem ? Foi. O resultado poderia ser diferente caso não houvesse o pênalti ? Sim. O Grêmio jogou bem ? Não.

Mas vamos aos fatos. O Grêmio foi extremamente apático, desorganizado e por vezes até desequilibrado emocionalmente. O Tricolor iniciou a partida mau escalado, com Jaílson titular, Arthur e Fernandinho no banco.  Pois bem, o Grêmio saiu ganhando com gol de Lucas Barrios. Entretanto, foi só. Após seu gol, o árbitro errou na marcação do pênalti e o Iquique empatou o jogo, assumindo o controle do jogo.  Tenho convicção que o Grêmio tinha time para no mínimo empatar lá no Chile. O Iquique é melhor que o Grêmio? Não, não é, contudo o time chileno foi infinitamente mais organizado e concentrado no jogo.

Uma das questões para a torcida gremista refletir é sobre Renato Portaluppi. O técnico tricolor simplesmente não reconhece o mau momento e as más atuações da equipe. Noto que o Grêmio está mau treinado e desorientado. Está tudo errado no Grêmio? Não, muito pelo contrário, o time é bom e o elenco também é bom. Quero a demissão do Renato? Não, contudo precisa rever seus conceitos e admitir os seus erros.

O alento para a torcida gremista chama-se Arthur. Novamente o guri foi destaque e mostrou que sua titularidade é merecida. Outro ponto a salientar é Lucas Barrios, que novamente marcou gol.

Não está tudo errado no Grêmio, no entanto é preciso ligar o alerta e rever conceitos, aceitar e corrigir seus erros. O problema do Grêmio não é a arbitragem, aliás o problema é muito mais interno e profundo.

%d blogueiros gostam disto: