Finais da NBA – Warriors largam na frente

Os Warriors saíram na frente na primeira batalha da decisão do melhor basquete do mundo. Com grandes atuações de Kevin Durant e Stephen Curry, a equipe de Oakland venceu com boa margem o Cleveland Cavaliers de LeBron James.

O primeiro quarto já foi mostrando tudo o que esperávamos dessa decisão. Grandes jogadas e um duelo particular entre Kevin Durant e LeBron James de altíssimo nível, como é de se supor desses dois craques. Foram 12 pontos e 5 assistências nesse quarto para Durant e 13 pontos, 5 rebotes e 3 assistências para LeBron, que também chegou a incrível marca de 6 mil pontos na carreira em playoffs. Curry e Kyrie Irving também marcaram presença com grandes jogadas nos dois lados da quadra. Ao final dos primeiros doze minutos da decisão, os Warriors venceram por 35 a 30.

No segundo quarto o “elenco de apoio” das duas equipes teve de entrar em ação e os Warriors começaram levando vantagem nesse ponto. Iguodala, McGee, Livingston foram comandando esse momento do jogo e os Warriors chegaram a abrir 10 pontos de vantagem. Com a volta dos titulares, o duelo LeBron vs Durant voltou a marcar presença em quadra e, mesmo com um mágico Kyrie Irving do lados dos Cavs, a equipe da casa seguiu mandando no jogo, com melhor aproveitamento dos arremessos de quadra. Apesar das muitas dificuldades nas trocas defensivas, os Cavs se mantiveram próximos do placar o tempo todo. No intervalo, o placar anotava 60 para os Warriors e 52 para a equipe de Cleveland. No duelo dos alas, Durant tinha 23 pontos e LeBron já tinha um double-double, com 17 pontos e 10 rebotes.

E na volta do intervalo os times vieram em velocidades diferentes. Cleveland não conseguiu impor seu jogo, LeBron ficou muito longe da cesta, jogando praticamente fora do perímetro o tempo todo. E do outro lado, as bolas de três que até foram raras no primeiro tempo, começaram a mostrar de vez sua cara com Curry (que chegou a marca de 300 bolas de três em playoffs na carreira) e Durant. Até com certa facilidade, a equipe de Golden State foi construindo uma bela vantagem, forçando turnovers e com ótima produção ofensiva, mesmo com um Klay Thompson inconstante no ataque (mas perfeito na defesa, diga-se). Ao final do terceiro período, os Warriors sustentavam uma vantagem de 21 pontos, com o placar de 93 a 72.

O último período os Warriors controlaram a vantagem. O elenco de apoio de Cleveland não apareceu para esse primeiro jogo. A pontuação dos Cavs ficou concentrada praticamente em seu Big 3. Foram muitos turnovers (20) ao longo do jogo da equipe dos Cavs, que ficou sem reação a vantagem construída pela equipe de Golden State. Final de jogo, Warriors 113, Cavs 91 e 1-0 na série.

Os Cavs vão precisar encontrar uma maneira de lidar na defesa com essa movimentação intensa do ataque dos Warriors e com o sanguinário Kevin Durant, que terminou o jogo com 38 pontos e 8 assistências e 8 rebotes. E também jogadores como Tristan Thomspson, JR Smith, Shumpert e Deron Willians vão precisar entrar efetivamente no jogo. Não tem como vencer os Warriors com apenas 3 jogadores. Isso, sem uma produção ofensiva digna de Klay Thompson pelos lados dos donos da casa nesse primeiro jogo. Cada jogo é uma história, veremos como será a próxima, no domingo.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: