GERAL DA MACACA #4 – Campeonato Paralelo? Sim, ele existe!

Fala Macacada, tudo bem?
Teremos um jogo importante e perigoso contra o Atlético-GO. Buscamos a consolidação do time e eles os primeiros pontos no Brasileiro 2017.

Precisamos estar atentos e bem armados para não sermos surpreendidos. Não podemos negar o favoritismo pelo que foi apresentado até a 4ª rodada do campeonato. O time mostra que tem adquirido experiencia e maturidade durante os jogos.
Como escrevi no post anterior, o time mostrou sua capacidade no segundo tempo contra o Atlético-MG, e isso deve ser levado em consideração pelo que desenvolveu naquela partida e também do que apresentou diante o São Paulo no Majestoso.

Temos limitações? Claro que sim, e isso é evidente, mas não deixa a desejar para seus concorrentes no campeonato paralelo (em virtude da cota distribuída para disputa do campeonato) que disputa.
E o adversário de logo mais, faz parte desse campeonato à parte. Falar em campeonato paralelo faz muitas pessoas torcem o nariz e olharem com o canto dos olhos, mas essa é a realidade.

Se conseguimos pontos diante desses times, podemos chegar muito longe no final da 38ª rodada. Quem participa desse campeonato contra a Ponte? Chapecoense, Coritiba, Bahia, Avaí, Sport, Vitória, Atlético-GO e, por enquanto, Vasco e Atlético-PR. Desses, somente a Chape e Coxa tem mais pontos que nós. Quase a metade dos 20 clubes que disputam a Série A, são 9 mais a Macaca, 10 times possuem times semelhantes, e por isso, os jogos são diferentes e tem que ser encarados dessa maneira. São confrontos diretos, como o de logo mais, que merecem atenção especial para não desperdiçar pontos que podem fazer falta no momento derradeiro da disputa.

Programando de forma correta, como tem sido, o retorno de jogadores que podem fazer a diferença nos jogos, como na entrada de Emerson Sheik contra o São Paulo (que mudou a partida), as voltas de Fernando Bob, João Vitor, Yago, e a esperada estreia de Renato Cajá, proporcionará um ganho técnico nos 11 titulares e, consequentemente nos suplentes. Com isso, seguiremos fortes nas duas frentes que temos até o final de 2017, Brasileiro e Sul Americana.

Acredito que contra o Atlético-GO, o técnico Gilson Kleina não vá inventar na escalação inicial e seerá de:
Aranha, Nino, Marllon, Rodrigo e João Lucas, Jádson, Elton, Wendel Léo Artur, Lucca e Lins.
Bora Nega Véia!

É isso.
Saudações alvinegras!

André Gonçalves

Andre Gonçalves

Ponte Preta desde sempre!

Twitter: @andre7goncalves

%d blogueiros gostam disto: