TÃO COMBATIDO, JAMAIS VENCIDO #5 – Assim não dá, Mano!

O que vimos início do jogo contra o Bahia foi uma coisa bizarra, a começar pela escalação. Não consigo entender o time ter opções no elenco e mesmo assim o técnico fazer um improviso como foi feito em várias partidas na lateral e agora na zaga, o Cruzeiro se orgulha de ter alta investimento e estrutura de ponta na base, mas se tem um jogador e não tem coragem ou condições de utilizar não adianta nada.

Bom, após a improvisação tivemos a improvisação da improvisação pois com a expulsão do Henrique ficamos por quase 30 mim com o Ariel Cabral na zaga, improvisado no lugar do improvisado Henrique expulso.

No primeiro tempo vimos um time muito pilhado, reclamando de forma intensa desde o início do jogo, desequilibrado do goleiro ao treinador. O Bahia soube muito bem aproveitar isso tudo, um toque de bola bonito de ver, aliás era que todo cruzeirense gostaria de ver no nosso time, o Bahia mesmo com a saída do Guto Ferreira e a chegada do Jorginho é um time muito bem treinado, coisa que o Cruzeiro deixou de ser há um bom tempo!

Com a entrada do Murilo (até que enfim) ao final do primeiro tempo o time conseguiu se equilibrar um pouco, fizemos um segundo tempo mais digno e até tivemos oportunidades de empatar, me parece que o Bahia se acomodou no resultado .

De certo é que o treineiro Mano Menezes, defendido muitas vezes por mim, tem apresentado discurso sem fundamento e que as vezes me faz entender que o cara está perdido, as escolhas não compactuam com o discurso, o Hudson era titular até 2 jogos atrás, contra o Bahia foi banco para o Romero que ficou quase 3 meses sem jogar e depois jogou improvisado na lateral (e na minha visão foi bem). O Abila aconteça o que acontecer ele é sacado do time, na coletiva o treineiro elogia o garoto Murilo(que foi bem) mas não teve peito pra bancar o garoto de início, difícil de entender.

 A ausência do futebol e um time completamente desequilibrado me fazem entender que não dá mais para o Mano e engraçado que em 2015 e 2016 com times piores tecnicamente que o atual esse mesmo treinador conseguiu fazer o time jogar.

Vamos bater palmas para nosso ídolo Alex (http://chuteirafc.cartacapital.com.br/opiniao-alex-e-preciso-respeitar-historia-e-filosofia-dos-clubes/) que diz que Mano não respeita a filosofia do clube, não respeita mesmo, e se ainda sim sem respeitar conseguisse resultados teria um Álibi mas não é o caso, penso que mesmo com poucas derrotas  o bom futebol quase não esteve presente no Cruzeiro esse ano e Assim não dá Mano!

 

%d blogueiros gostam disto: