ANÁLISE – As contratações de Lukaku e Lacazette

Por: Lucas  Farias

As contratações do futebol inglês são conhecidas pelas altas cifras e por buscarem sempre as maiores estrelas de outras ligas e até de outros continentes para reforçar, não apenas o Top 6 (composto por United, City, Chelsea, Liverpool, Arsenal e Tottenham), mas os outros medianos que pelo alto recebimento das cotas de televisão e dos investimentos externos, acabam gastando bastante e fazendo com que a Premier League seja uma das melhores competições do planeta, quiçá a melhor.

Dentre os grandes destaques e inúmeras contratações para a próxima temporada, o HTE veio fazer uma comparação dos dois atacantes de peso contratados nessa janela a peso de ouro. Se tratando de futebol inglês, outros atacantes com muita pompa provavelmente ainda serão comprados nessa janela, mas nenhum deles terão o mesmo impacto que Lacazette e Lukaku para os ataques de Arsenal e Manchester United, respectivamente. O atacante francês chega a Londres como a contratação mais cara da história do time comandado por Arsene Wenger, e mesmo sem disputar Champions League nessa temporada, tem tudo para ser um dos favoritos à vaga para o ano que vem e disputar a artilharia do inglês também.

Já a contratação de Lukaku foi uma “surpresa”, visto que, depois de fazer uma boa temporada com o Everton no ano passado, o atacante belga começou a ser especulado no Chelsea, que precisaria de um atacante novo com as notícias da saída de Diego Costa, após desentendimento com o técnico Antonio Conte. Pois bem, quando todos esperavam a conclusão da negociação e volta de Lukaku aos Blues, o Manchester United atravessou e pelo valor de 75 milhões de Libras (aproximadamente 320 milhões de reais) trouxe o atacante para o elenco. Mas aí fica o questionamento: quem contratou melhor para reforçar o ataque, Arsenal ou Manchester United?

Começo a resposta com uma opinião sobre o futebol atual: nenhum desses jogadores e nem a maioria das grandes contratações valem as cifras investidas. É muito dinheiro gasto e quase nunca rendem o esperado. São bons jogadores, mas é muita grana. Lacazette vem de temporada excelente no futebol francês, jogando pelo Lyon. E não é “jogador de uma temporada só”, vem sendo destaque há tempos. Na última foram 37 gols em 45 jogos. Com a iminente saída de Alexis Sanchez e a eterna inconsistência de Olivier Giroud, o atacante tem tudo para ser titular e referência do ataque dos Gunners. É um jogador versátil e pode jogar tanto pelas pontas como na função do “9”, podendo ser utilizado ao lado de Sanchez (se permanecer) e com Giroud.

Lukaku brilhou no Everton, que garantiu a sétima colocação na Premier League, e fez 25 gols na competição, sendo superado apenas por Harry Kane, com 29. Os Red Devils ainda não sabem se vão poder contar com Ibrahimovic na próxima temporada, e por isso, o belga vem para ser a referência do United e a grande esperança de gols e de um retorno a Champions League. Ele já está mais acostumado com a competição, mas não é tão regular quanto Alexander Lacazette, reencontrando seu futebol na última temporada com a camisa dos Toffees. É um homem-gol e muito bom finalizador com a cabeça.

A opinião final é que as duas contratações foram ótimas para os dois times que buscam voltar a Champions League ou talvez ganhar o Inglesão, porém, pela necessidade de um homem-gol há mais tempo, o Arsenal se saiu melhor e finalmente os problemas no ataque podem ser cessados com as boas atuações do francês. O Manchester United vai ter um grande jogador que vem em fase excelente e se Ibrahimovic, que já está veterano e vem de uma contusão pesada, sair do time, Lukaku tem tudo para se destacar novamente na acirrada Premier League. A camisa, no entanto, não pode pesar para nenhum dos dois, esse é único fator que pode atrapalhar, é muita pressão e muito peso nesses times. Muitos gols e muitas alegrias são esperadas, afinal, o investimento foi alto. Esses jovens terão que mostrar serviço e a próxima temporada promete ser ótima para quem gosta de ver bons atacantes e muita bola na rede!

Lucas Farias

Carioca, 25 anos, nem um pouco jornalista, mas apaixonado por esportes, principalmente futebol. Flamengo, Tottenham, Miami Heat e New Orleans Saints.

%d blogueiros gostam disto: