Guia PL #01 – Bournemouth, Arsenal, Brighton & Hove Albion e Burnley

Por: Gulherme Vechiato

O HTE Sports começa uma série de guias das principais ligas europeias (inglesa, espanhola, italiana e alemã). Para começar, 5 dias e 4 times cada, começando pela Premier League, o mais forte campeonato de todos e que começa já no dia 11/08. A ordem será alfabética e hoje vocês saberão sobre AFC Bournemouth, Arsenal, Brighton & Hove Albion e Burnley.

Leia a parte 2: Guia PL #02 – Chelsea, Crystal Palace, Everton e Huddersfield Town

Leia a parte 3: Guia PL #o3 – Leicester, Liverpool, Manchester City e Manchester United

Leia a parte 4: Guia PL#04 – Newcastle, Southampton, Stoke City e Swansea

Leia a parte 5: Guia PL #05 – Tottenham, Watford, West Bromwich e West Ham

AFC Bournemouth

Esta será a 3° temporada seguida dos Cherrys na Premier League. Para muitos é uma surpresa, principalmente por ser um clube que ninguém acreditava que se manteria na primeira divisão inglesa quando fez sua estreia na competição na temporada 2015/16, mesmo sendo um clube de 127 anos.

Na primeira temporada, a equipe se safou da queda por 5 pontos. Já no último campeonato, o técnico Eddie Howie levou a equipe a um 9° lugar. Para a temporada 2017/18, o time almeja vôos mais altos e investiu em dois jogadores experientes: o ótimo goleiro Begovic e o atacante goleador Jermain Defoe.

CHEGOU: BEGOVIC e AKÉ (Chelsea), DEFOE (Sunderland), MAHONEY (Blackburn)

Opinião do @BournemouthBRA: “As expectativas para a temporada 17/18 são as maiores possíveis. Conseguimos novamente manter nossa base e fizemos adições bastante interessante e que nos põem em um patamar acima da última temporada. Jermain Defoe, Nathan Aké e Asmir Begovic são peças bastante interessantes e que preenchem lacunas que tínhamos nas últimas temporadas. Um atacante que tem uma admiração profunda dos torcedores e que fará uma dupla de ataque excelente com Joshua King. Nathan Aké veio muito bem em seu empréstimo e pode jogar em no mínimo 3 posições, que é ótimo para uma equipe, e Asmir Begovic, que é um goleiro bastante seguro e que pode nos dar uma melhor consistência na defesa, que vem sofrendo na Premier League. Além de Connor Mahoney, um jovem promissor que vem fazendo bons jogos na pré-temporada. Com Eddie Howe, a base mantida e as novas adições, a meta é novamente integrar o top 10 da Premier League novamente, e, quem sabe, poder beliscar uma vaquinha na Europa League”.

Arsenal

O time de Arsenè Wenger, que está cada vez mais pressionado em seu cargo e, mesmo assim, renovou com a equipe londrina, busca nessa temporada voltar ao topo, depois de nem se classificar para a Champions League na temporada passada.

O time é basicamente igual ao do ano passado, porém a sombra do PSG para levar Alexis Sanchez ainda paira sobre o os vermelhos de Londres. Para o problemático ataque Wenger escolheu o francês Lacazette, que vem sendo destaque do Lyon já há algumas temporadas. Outro nome que chegou foi o do lateral-esquerdo Kolasinac, que veio de graça do Schalke 04.

CHEGOU: LACAZETTE (Lyon), KOLASINAC (Schalke 04), JOEL CAMPBELL (voltando de empréstimo ao Sporting)

SAIU: SZCZESNY (Juventus) e YAYA SANOGO (Toulouse)

Opinião do @arsenalistafc: “Arsène Wenger entra nesta temporada bem pressionado. Alexandre Lacazette foi a grande contratação da equipe. Ele fez alguns gols na pré-temporada e a expectativa é que ele brigue pela artilharia da Premier League. O camisa 9 do Arsenal marcou 100 gols no Lyon, sendo um dos grandes artilheiros da história do clube francês. Outra contratação dos Gunners foi do bósnio Sead Kolasinac, um lateral-esquerdo que se destacou no Schalke 04 na temporada passada. Wenger já declarou que poderão chegar mais reforços. O goleiro Szczesny, que estava emprestado para a Roma, transferiu-se definitivamente para Juventus. O Arsenal começa a temporada com um compromisso difícil pela Community Shield enfrentando o Chelsea. Uma vitória em cima do rival pode dar uma moral para o time. Por outro lado, uma derrota nesse confronto pode aumentar ainda mais a pressão. O jejum de títulos do Campeonato Inglês já está incomodando demais. Fora da Champions League, após uma sequência de 17 temporadas seguidas disputando a principal competição da Europa, o Arsenal disputará pela primeira vez a Europa League no seu novo formato. Veremos a importância que será dada à competição e se Wenger escalará a equipe principal para Europa League ou poupará o time para a disputa da Premier League. O título da Premier League é o maior objetivo do Arsenal na temporada. É crucial manter Özil e Sanchez. O grande problema segue sendo a defesa e tenho receio de qual será a tática usada por Wenger. COYG!”.

Brighton & Hove Albion

Após 3 quedas seguidas nos play-offs da Championship, o time volta a disputar a Premier League após 34 anos. Para se manter na primeira divisão o treinador Chris Hughton aposta na mesma equipe que vem jogando junto por mais de 2 anos consecutivos, com jogadores interessantes como o lateral Bruno, o meia Knockaert e o atacante Glenn Murray. Nesta janela o time investiu pouco, mas trouxe o bom goleiro Matthew Ryan, que estava no Valencia.

CHEGOU:  MATTHEW RYAN (Valencia), PASCAL GROß e MARKUS SUTTNER (Ingolstadt) e ISAIAH BROWN (Chelsea)

SAIU: STOCKDALE (Birmingham), FORREN (Molde), MANU (Genclerbirligi) e O’GRADY (Chesterlfield)

Opinião do @BHAFCBrasil: “Esperamos uma equipe valente e que “dê o sangue“ em campo. Os reforços foram poucos, mas de bom agrado. A manutenção do elenco e de Chris Hughton será essencial para nós essa temporada. Resumindo: esperamos um Brighton sem medo e com coragem em sua primeira participação na nova edição da Premier League”.

Burnley

Aos trancos e barrancos o Burnley se manteve na primeira divisão inglesa na última temporada, ao contrário do que aconteceu em 2014/15. O trainador Sean Dyche, que está no comando da equipe desde 2012, sabe da força que o time tem em seu estádio e está investindo em algumas contratações com o dinheiro que o clube fez vendendo o bom zagueiro Michael Keane para o Everton.

CHEGOU: CHARLIE TAYLOR (Leeds), JONATHAN WALTERS e PHIL BARDSLEY (Stoke City) e JACK CORK (Swansea)

SAIU: MICHAEL KEANE (Everton), GEORGE BOYD (Sheffield Wednesday), MICHAEL KIGHTLY (Southend United) e HENNINGS (Dusseldorf).

Opinião @BurnleyBRA: “O Burnley vai lutar essa temporada para permanecer na Premier League. Contratamos alguns jogadores, e subimos garotos da base, nossa meta é permanecer mais uma temporada na primeira divisão, e já declarado na próxima temporada tentar buscar uma vaga europeia. Somos um time tradição, de cidade pequena, e torcida muito fanática, esperamos conseguir vitórias no nosso caldeirão, e conseguir alguns pontos fora de casa. O ponto forte da nossa é equipe com certeza é a bola parada, que vem sendo muito treinada. Temos jogadores altos e esse será nosso ponto forte”.

Guilherme Vechiato

28 anos. Apaixonado por Futebol. Formado em Administração, mas com aquela paixão por jornalismo. Moro no Interior de São Paulo, coração Palmeirense doente, mas sempre de olho no Leeds e no Liverpool da Inglaterra. Twitter: @guivechiato

%d blogueiros gostam disto: