HOSPÍCIO #106 – Respeita o Terrão

Quantos jogadores do Corinthians que vieram da base estão no elenco profissional? São muitos, só no time titular são 4. E mesmo os que não são titulares, ajudam a decidir.

O Terrão, como é carinhosamente chamada a base do Corinthians, lembrando a época em que o clube não tinha um centro de treinamento para as categorias de base, revelou muitos jogadores nos últimos anos. Alguns, já estão na Europa, como é o caso de Malcom e Marquinhos. Outros, ainda esperam maiores oportunidades, como é o caso de Carlinhos e Mantuan, e ainda outros não passaram de promessas, como Gabriel Vasconcelos e Léo Artur. Mas, os que estão no Corinthians e são aproveitados, estão decidindo.

Guilherme Arana é o melhor lateral-esquerdo em atividade no Brasil. Os números dizem isso. E Fagner, que joga ao seu lado, também não deixa de estar entre os melhores da posição. Maycon é a peça-chave do meio, visto que em jogos que ele não esteve, o Corinthians não teve um meio-campo forte. E Jô é simplesmente o artilheiro do time no ano, e é decisivo em jogos grandes. Os que entram, não deixam a desejar. Pedro Henrique foi muito seguro quando Pablo não esteve. Pedrinho decidiu o jogo contra o Botafogo, com poucos minutos em campo. Ainda, Marciel, que jogou no lugar de Arana na Copa do Brasil, foi muito bem. Léo Jabá, quando joga, mantém o padrão de qualidade, joga sem medo.

Ainda há muitos jogadores para ter chances, que já estão ou ainda vão subir para o elenco profissional. Podemos citar Rodrigo Figueiredo, Mantuan, Carlinhos, Fabricio Oya e outros nesses. A única verdade é que o Terrão merece respeito. A base mais vitoriosa do Brasil está sendo aproveitada, e ainda vai dar muitas alegrias para a Fiel. Vai Corinthians.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: