NAÇÃO ALVIVERDE #3 – Futuro incerto no Alto da Glória

O Coritiba vem apresentando um futebol deprimente nas últimas rodadas, com apenas uma vitória em sete jogos, o verdão amarga a 13º posição no Campeonato Brasileiro, a derrota em casa para o Fluminense e a atuação desastrosa contra a Ponte Preta deixaram alguns pontos a serem observados: Edinho, pior jogador do time, que não entre mais em campo, é nítida a dificuldade do clube em encontrar um substituto ao Kleber, o coxa não produz absolutamente nada durante o jogo no setor ofensivo, outro ponto é a deficiência no lado direito, Dodo, Léo e Rodrigo Ramos não se firmaram como titulares absolutos, é um dos problemas a ser resolvido. Claro que a sequência de resultados negativos culminou na demissão do técnico Pachequinho e na contratação de Marcelo Oliveira, que também tem uma história comandando o verdão na última vez em que o clube conseguiu disputar os campeonatos a altura dos times do eixo, com dois vices campeonatos da Copa do Brasil e uma bela campanha no brasileiro de 2011, onde o clube não se classificou para a libertadores por uma vitória. A esperança é que Marcelo Oliveira faça o mesmo trabalho, apesar da diferença de situação. Em 2011, Marcelo pegou um bom trabalho de reconstrução do time feito pelo Ney Franco, onde o clube tinha uma boa base que foi campeã da série B e com o trabalho de pré-temporada, surpreendeu o mundo com a série de 24 vitórias consecutivas, que é a maior do Brasil e era a maior do Mundo até ser provada que era do Ajax. Outra esperança é que o alemão Alexander Baumjohann, comande o meio campo do Coxa que vem sofrendo com a série de desfalques no setor. Outra notícia no alto da glória é o retorno de nosso eterno K9, acho muito bom o time abrir as portas para um jogador que nos deu muitas alegrias em 2007 e 2008 e que passou por um momento terrível com o falecimento do filho, não tinha clube melhor no mundo para o recomeço de Keirrison que o clube do coração dele.

Mediante a essas situações, resta torcer para que o time encaixe com o novo técnico e que não repita o sofrimento que foi os últimos anos brigando contra o rebaixamento até as últimas rodadas.

%d blogueiros gostam disto: