GERAL DA MACACA #12 – Ninguém serve para Ponte?

Fala Macacada, tudo bem?
Vendo o jogo do Botafogo contra o Grêmio pelo Brasileirão no último domingo, voltei a refletir sobre uma questão importante que nós torcedores deveríamos pensar: Ninguém serve para Ponte Preta?
Exemplifiquei o Botafogo porque são vários jogadores em seu elenco que também passaram pelo Majestoso, são 5 atletas, meio time!
São eles: Bruno Silva (V), Gilson (LE), Luis Ricardo (agora LD), Pimpão (AT), Roger (A).

Futebol é um esporte coletivo e altamente dependente de esquema de jogo e, não havendo, as chances de resultados ruins são enormes. Flamengo com Sávio, Romário e Edmundo que o diga, não foi sombra do que poderia ter sido!
Como exemplo recente, o Palmeiras gastou R$ 132 milhões na montagem do elenco de 2017 e foi eliminado no Paulistão, da Copa do Brasil e recentemente na Libertadores e ainda não deu retorno (em campo) desse alto investimento.

Voltando à Ponte, nesse campeonato Brasileiro são alguns times que tem ex-pontepretanos mas o Botafogo se destaca pela quantidade e, além disso, pela ausência de craques e jogadores badalados em suas fileiras. Se sobressai nos resultados conquistados até aqui e também pelo futebol “operário”.

Isso é uma amostra que o Botafogo montou seu time para um tipo de jogo proposto por seu técnico e/ou diretoria, ou seja, baseado em um planejamento. Embora não haja a mesma qualidade técnica do time considerado titular em comparação ao reserva, são jogadores que se assemelham em características de jogo. E isso, desculpem minha insistência, tem a ver com PLANEJAMENTO, formatação de equipe e plano de jogo.
Sabia que jogaria fases eliminatórias da Libertadores e foi buscar reforços ainda com Brasileirão de 2016 em andamento e para lembrar, Roger saiu da Ponte no início de novembro.

Trazendo para nossa realidade, contratamos alguns volantes, meia dúzia de laterais esquerdo, zagueiros e na terça-feira, 15/08, chegou o único centro avante depois da saída do Roger.
Como exigir regularidade em um time remendado? Nós, como torcida, podemos! Somos torcedores, pagamos sócio torcedor, ingresso, etc, mas a diretoria NÃO. A diretoria da Ponte Preta não pode exigir isso do técnico Gilson Kleina e é bem provável que esse seja o motivo da não demissão.
E nesse caso, a torcida vira refém da incompetência da diretoria e trabalho questionável do treinador que me parece desmotivado. Só isso para justificar a falta de jogadas de treinamentos nos jogos como: faltas e escanteios ensaiados, triangulações, profundidade…

Mostra o quão mal feito foi o planejamento para esse ano, se é que foi feito! O amadorismo para um time de Série A é inadmissível e muitas vezes culminam com rebaixamento.
O Botafogo exemplifica que jogador não dar certo em determinado time, não quer dizer que ele é descartável, simplesmente não serve, mas que talvez o planejamento na montagem do elenco ou na estrutura do time não foi a correta para suas características.

Há alguns anos vi um filme sobre Baseball, “Moneyball” de 2012, com Brad Pitt. Esse filme é importante no esporte porque demonstra como um time sem grana na MLB (Liga Profissional Norte Americana de Baseball) fez para concorrer com potencias financeiras naquele esporte movido por milhares e milhares de dólares.
E o que eles fazem? Estudam, produzem estatísticas, discutem, OUVEM, enfim, buscam alternativas para superar a falta de dinheiro.
O protagonista do filme é General Manager e é responsável pelo time e comissão técnica. Eles contratam jogadores baseado em uma rede de olheiros que estão totalmente alinhados com o que o time precisa dentro de campo. Resultado: incomoda as grandes forças com muito menos dinheiro e mudou o jogo pelo sucesso conquistado. Hoje, a forma de trabalho do Oakland Athletics é referência na Liga de Baseball e em outros esportes.

Portanto, com humildade e muito trabalho, é possível deixar de ser coadjuvante e se tornar referência na formação e na disputa dos campeonatos em que participa, basta criatividade.

É isso!
Saudações alvinegras.

André Gonçalves
@andre7goncalves

Andre Gonçalves

Ponte Preta desde sempre!

Twitter: @andre7goncalves

%d blogueiros gostam disto: