Guia PL #04 – Newcastle, Southampton, Stoke City e Swansea

Fala, rapaziada! Continuando o nosso guia da Premier League, a quarta parte da apresentação dos 20 clubes que compõem o principal campeonato nacional do mundo chega apresentando novos 4 times que têm pretensões modestas na competição. Os tradicionais Newcastle, Southampton, Stoke City e Swansea não terão vida fácil na próxima temporada, mas tentarão dar campanhas dignas para os seus torcedores e quem sabe sonhar com vagas em competições europeias. Vamos conhecê-los:

Leia a parte 1: Guia PL #01 – Bournemouth, Arsenal, Brighton & Hove Albion e Burnley

Leia a parte 2: Guia PL #02 – Chelsea, Crystal Palace, Everton e Huddersfield Town

Leia a parte 3: Guia PL #o3 – Leicester, Liverpool, Manchester City e Manchester United

Leia a parte 5: Guia PL #05 – Tottenham, Watford, West Bromwich e West Ham

Newcastle United:

Os Magpies retornam a primeira divisão depois da queda na temporada 15-16. A equipe é comandada pelo experiente Rafa Benitez, que conhece muito bem a competição pela qual já comandou Liverpool e Chelsea.

O objetivo inicial do Newcastle é voltar a se estabelecer como uma equipe da primeira divisão inglesa. Nesta temporada, ficar na primeira divisão deve ser o grande objetivo do clube. Para isso a equipe investiu em reforços, além de trazer de volta alguns jogadores sob empréstimo.

Chegaram: LEJEUNE (Eibar), MURPHY (Norwich), ATSU (Chelsea), MANQUILLO (Atlético de Madrid), MERINO (Borussia Dortmund)

Partidas: THAUVIN (O. Marseille), AMEOBI (Bolton) e GOUFFRAN (Göztepe)

Southampton:

Os Saints chegam para a competição repetindo a fórmula de outras temporadas.: um plantel jovem e com muita vontade, somado a alguns jogadores experientes. A combinação deve fazer com que a equipe consiga manter uma campanha de meio de tabela na liga, sonhando com algo nas competições de mata-mata.

O treinador Maurício Pellegrino sabe que o clube tem o perfil de vendedor para outros clubes com maior poderio financeiro da competição, mas acredita que o trabalho iniciado na temporada passada possa render bons resultados. Foram poucas adições a equipe, mas elas conseguiram cobrir boa parte das necessidades do elenco.

Chegadas: BEDNAREK (Poznan) e GAZZANIGA (Rayo Vallecano)

Partidas: JAY RODRÍGUEZ (West Brom), MARTINA (Everton) e REED (Norwich)

Stoke City:

A equipe de Mark Hughes chega para essa temporada com perdas significativas. Arnautovic, vendido ao West Ham, talvez seja a principal delas. Ainda assim, a equipe se reforçou com nomes de gabarito, como o francês Zouma e o atacante Bojan. A base do elenco foi mantida.

Com isso, a expectativa é que a equipe consiga passear pelo meio da tabela, escapando de sustos que acabou tomando na temporada passada. O interminável Peter Crouch ainda está no elenco da equipe.

Chegadas: ZOUMA (Chelsea), Fletcher (West Brom) e Bojan (Mainz)

Partidas: ARNAUTOVIC (West Ham)

Opinião do @Stoke_Bra: “Embora alguns pensem que com a venda de Arnautovic para o West Ham o Stoke brigará paela manutenção, (nós) não vemos dessa forma. Se Mark Hughes conseguir recuperar a boa forma de alguns jogadores importantes, certamente a equipe brigará pelo top 8 e nós acreditamos nisso. Se tudo der certo, nossas pretensões é de, no mínimo, top 10.”

Swansea:

A equipe galesa conseguiu escapar do rebaixamento por pouco na temporada passada. Passado o susto, os Swans, que chegaram a disputar competições europeias, quer voltar a boa fase sob a batuta do técnico Paul Clement.

Contudo, a equipe não fez grandes investimentos na janela de transferência, buscando reforços pontuais. Deve ser outro ano complicado para a equipe de Cardiff, que tem uma média de idade de 27,2 anos.

Chegadas: MULDER (Heerenveen), MESA (Las Palmas) e ABRAHAM (Chelsea)

Partidas: GOMIS (Galatasaray)

 

%d blogueiros gostam disto: