Guia PL #05 – Tottenham, Watford, West Bromwich e West Ham

Finalizando o último dia do Guia da PL, o HTE traz hoje as perspectivas para Tottenham, que fez grande campanha na última temporada, Watford, West Bromwich e West Ham, que após ter ido tão bem na temporada retrasada, caiu em 2016/17.

Leia a parte 1: Guia PL #01 – Bournemouth, Arsenal, Brighton & Hove Albion e Burnley

Leia a parte 2: Guia PL #02 – Chelsea, Crystal Palace, Everton e Huddersfield Town

Leia a parte 3: Guia PL #o3 – Leicester, Liverpool, Manchester City e Manchester United

Leia a parte 4: Guia PL#04 – Newcastle, Southampton, Stoke City e Swansea

Tottenham

O técnico Pochettino é o grande responsável por essa mudança de patamar dos Spurs. O time se acostumou a pensar grande, e pela segunda vez consecutiva conseguiu ficar entre os três primeiros na competição e de quebra com a vaga direta para a Champions.

Porém, nessa janela o time ainda não contratou ninguém e ainda perdeu um dos seus melhores jogadores: Walker, que se transferiu para o City. A pergunta que fica é, com seus rivais contratando muito, será que os Spurs vão se manter entre os melhores times da Inglaterra?

Entrou: Ninguém

Saiu: Fazio (Roma), Walker (City)

Opinião do @TottenhamBrasil: “Após lutar pelo título do Campeonato Inglês até as rodadas finais nas duas últimas temporadas, o Tottenham inicia 2017/2018 com a enorme responsabilidade de manter-se no topo da tabela, para, quem sabe, sair do quase e voltar a comemorar um título. Apesar de não ter fechado nenhuma contratação até então, o principal reforço dos Spurs para a próxima temporada é a manutenção da equipe-base e do trabalho bem realizado nos últimos semestres. Alvo de grande cobiça dos gigantes do futebol europeu, o comandante do Tottenham Mauricio Pochettino permanecerá na equipe por mais uma temporada, mantendo seu grande trabalho à frente do clube. Somando os números dos dois últimos campeonatos nacionais, o Tottenham foi a equipe que mais somou pontos no período, sempre com alto nível de atuações, aclamadas como o melhor futebol da Inglaterra, e que encantam também fãs do esporte no resto do mundo. No entanto, para pensar mais alto na temporada porvir, o clube ainda necessita preencher algumas lacunas latentes em seu plantel de jogadores. Após a saída do lateral-direito Kyle Walker para o Manchester City, em proposta irrecusável, o Tottenham busca no mercado a peça ideal para substituir aquele que foi o melhor de sua posição nas últimas temporadas. Um meia-ofensivo de renome e que eleve o patamar da equipe, além de um zagueiro e um volante que recheiem o elenco, também serão bem-recebidos pelo treinador argentino. Indiferente do sucesso ou não da equipe no mercado de transferências, o objetivo do Tottenham no próximo Campeonato Inglês é garantir uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da temporada seguinte e lutar novamente, com mais sorte desta vez, pelo título da competição”.

Watford:

Mais uma vez o Watford inicia uma temporada com um treinador diferente. O nome da vez é o português Marco Silva, que treinou o Hull City na conturbada temporada passada, que culminou com o rebaixamento da equipe.

Para essa temporada a meta é evitar o sufoco da luta contra o rebaixamento, que quase aconteceu no último ano. Nesta janela o time aposta em jogadores jovens, além de ter uma equipe que vem jogando junto há 2 anos.

Entrou: Nathaniel Chalobah (Chelsea), Uche Agbo (Granada), Daniel Bachmann (Stoke), Kiko (Alavés), Will Hughes (Derby)

Saiu: Mario Suárez (Guizhou Zhicheng), Steven Berghuis (Feyenoord)

West Bromwich

O treinador Tony Pullis tem um time bem interessante em mãos. O West Bromwich vem de temporadas consistentes e se mantém tranquilamente no meio de tabela na Premier League.

Nesta janela o time contratou pouco, mas possui um bom elenco, como Ben Forster, Evans, Yacob, Chadli e Rondon. Talvez seria a hora do time buscar vôos mais altos, como uma vaga em algum campeonato europeu.

Entrou: Jay Rodriguez (Southampton), Ahmed Hegazy (Al-Ahly)

Saiu: Ninguém

West Ham

O que era uma grande expectativa, acabou virando um grande pesadelo.  A conturbada temporada 16-17 não foi o que os torcedores do West Ham esperavam. Criou-se uma grande expectativa para uma disputa na Europa League e uma posição alta na Premier League. No entanto, a eliminação na fase preliminar da competição européia pelo desconhecido Astra Giurgiu, da Romenia, ligou o sinal vermelho na equipe. O início na Premier League na zona de rebaixamento fez todos os planos irem por água abaixo, além de problemas com Payet, sua grande estrela que acabou sendo vendido para o Marseille no meio da temporada.

Mesmo assim o time se recuperou e conseguiu terminar a competição no meio da tabela. Nesta nova temporada, terá que começar do zero, e para isso os Hammers investiram em jogadores de nome. Por mais uma temporada o time jogará no estádio Olímpico de Londres , pois sua casa, o famoso  Boleyn Ground, está passando por reformas.

CHEGOU: Joe Hart (City) , Chicharito (Leverkusen), Zabaleta (City) e Arnoutovic (Stoke)

SAIU: Enner Valencia (Tigres), Darren Randolph (Middlesbrough), Havard Nordtveit (Hoffenheim)

 

E é isso! Chega ao fim o Guia da Premier League do HTE Sports. A temporada começa no próximo dia 11 e a esperança é de que ela seja repleta de grandes momentos como os seus fãs se acostumaram a ver.

Guilherme Vechiato

28 anos. Apaixonado por Futebol. Formado em Administração, mas com aquela paixão por jornalismo. Moro no Interior de São Paulo, coração Palmeirense doente, mas sempre de olho no Leeds e no Liverpool da Inglaterra. Twitter: @guivechiato

%d blogueiros gostam disto: