Guia PL #05 – Tottenham, Watford, West Bromwich e West Ham

Texto: Guilherme Vechiato

Finalizando o último dia do Guia da PL, o HTE traz hoje as perspectivas para Tottenham, que fez grande campanha na última temporada, Watford, West Bromwich e West Ham, que após ter ido tão bem na temporada retrasada, caiu em 2016/17.

Leia a parte 1: Guia PL #01 – Bournemouth, Arsenal, Brighton & Hove Albion e Burnley

Leia a parte 2: Guia PL #02 – Chelsea, Crystal Palace, Everton e Huddersfield Town

Leia a parte 3: Guia PL #o3 – Leicester, Liverpool, Manchester City e Manchester United

Leia a parte 4: Guia PL#04 – Newcastle, Southampton, Stoke City e Swansea

Tottenham

O técnico Pochettino é o grande responsável por essa mudança de patamar dos Spurs. O time se acostumou a pensar grande, e pela segunda vez consecutiva conseguiu ficar entre os três primeiros na competição e de quebra com a vaga direta para a Champions.

Porém, nessa janela o time ainda não contratou ninguém e ainda perdeu um dos seus melhores jogadores: Walker, que se transferiu para o City. A pergunta que fica é, com seus rivais contratando muito, será que os Spurs vão se manter entre os melhores times da Inglaterra?

Entrou: Ninguém

Saiu: Fazio (Roma), Walker (City)

Opinião do @TottenhamBrasil: “Após lutar pelo título do Campeonato Inglês até as rodadas finais nas duas últimas temporadas, o Tottenham inicia 2017/2018 com a enorme responsabilidade de manter-se no topo da tabela, para, quem sabe, sair do quase e voltar a comemorar um título. Apesar de não ter fechado nenhuma contratação até então, o principal reforço dos Spurs para a próxima temporada é a manutenção da equipe-base e do trabalho bem realizado nos últimos semestres. Alvo de grande cobiça dos gigantes do futebol europeu, o comandante do Tottenham Mauricio Pochettino permanecerá na equipe por mais uma temporada, mantendo seu grande trabalho à frente do clube. Somando os números dos dois últimos campeonatos nacionais, o Tottenham foi a equipe que mais somou pontos no período, sempre com alto nível de atuações, aclamadas como o melhor futebol da Inglaterra, e que encantam também fãs do esporte no resto do mundo. No entanto, para pensar mais alto na temporada porvir, o clube ainda necessita preencher algumas lacunas latentes em seu plantel de jogadores. Após a saída do lateral-direito Kyle Walker para o Manchester City, em proposta irrecusável, o Tottenham busca no mercado a peça ideal para substituir aquele que foi o melhor de sua posição nas últimas temporadas. Um meia-ofensivo de renome e que eleve o patamar da equipe, além de um zagueiro e um volante que recheiem o elenco, também serão bem-recebidos pelo treinador argentino. Indiferente do sucesso ou não da equipe no mercado de transferências, o objetivo do Tottenham no próximo Campeonato Inglês é garantir uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da temporada seguinte e lutar novamente, com mais sorte desta vez, pelo título da competição”.

Watford:

Mais uma vez o Watford inicia uma temporada com um treinador diferente. O nome da vez é o português Marco Silva, que treinou o Hull City na conturbada temporada passada, que culminou com o rebaixamento da equipe.

Para essa temporada a meta é evitar o sufoco da luta contra o rebaixamento, que quase aconteceu no último ano. Nesta janela o time aposta em jogadores jovens, além de ter uma equipe que vem jogando junto há 2 anos.

Entrou: Nathaniel Chalobah (Chelsea), Uche Agbo (Granada), Daniel Bachmann (Stoke), Kiko (Alavés), Will Hughes (Derby)

Saiu: Mario Suárez (Guizhou Zhicheng), Steven Berghuis (Feyenoord)

West Bromwich

O treinador Tony Pullis tem um time bem interessante em mãos. O West Bromwich vem de temporadas consistentes e se mantém tranquilamente no meio de tabela na Premier League.

Nesta janela o time contratou pouco, mas possui um bom elenco, como Ben Forster, Evans, Yacob, Chadli e Rondon. Talvez seria a hora do time buscar vôos mais altos, como uma vaga em algum campeonato europeu.

Entrou: Jay Rodriguez (Southampton), Ahmed Hegazy (Al-Ahly)

Saiu: Ninguém

West Ham

O que era uma grande expectativa, acabou virando um grande pesadelo.  A conturbada temporada 16-17 não foi o que os torcedores do West Ham esperavam. Criou-se uma grande expectativa para uma disputa na Europa League e uma posição alta na Premier League. No entanto, a eliminação na fase preliminar da competição européia pelo desconhecido Astra Giurgiu, da Romenia, ligou o sinal vermelho na equipe. O início na Premier League na zona de rebaixamento fez todos os planos irem por água abaixo, além de problemas com Payet, sua grande estrela que acabou sendo vendido para o Marseille no meio da temporada.

Mesmo assim o time se recuperou e conseguiu terminar a competição no meio da tabela. Nesta nova temporada, terá que começar do zero, e para isso os Hammers investiram em jogadores de nome. Por mais uma temporada o time jogará no estádio Olímpico de Londres , pois sua casa, o famoso  Boleyn Ground, está passando por reformas.

CHEGOU: Joe Hart (City) , Chicharito (Leverkusen), Zabaleta (City) e Arnoutovic (Stoke)

SAIU: Enner Valencia (Tigres), Darren Randolph (Middlesbrough), Havard Nordtveit (Hoffenheim)

 

E é isso! Chega ao fim o Guia da Premier League do HTE Sports. A temporada começa no próximo dia 11 e a esperança é de que ela seja repleta de grandes momentos como os seus fãs se acostumaram a ver.

%d blogueiros gostam disto: