MOSTRA TEU VALOR #39 – O Leão que surpreende

Foto: Marcos Ribolli

No momento em que escrevo esse texto, o Vitória acabava de vencer o Corinthians pelo placar de 1×0, na Arena Corinthians, assim quebrando a invencibilidade do líder isolado do Campeonato Brasileiro. Sabendo disso e entendendo o estado de empolgação no qual me encontro, vamos nessa!

FALA, NAÇÃO RUBRO-NEGRA. TUDO BEM? TUDO EXCELENTE!

Depois de diversos textos aqui nesse Cantinho do Torcedor apenas com críticas, sugestões de mudança, pedidos de melhora, chegou a hora de elogiar. QUE PARTIDAÇA!!! Sabíamos que o Corinthians viria para cima, então jogar nos erros deles era a opção de jogo mais plausível. Mancini, o cara que eu questionei no texto anterior se seria a solução ideal para tirar o Vitória do rebaixamento, está se mostrando bastante esforçado para tal.

Desde a chegada do novo treinador foram três vitórias, um empate e uma derrota. O time tem outra cara, outra postura. A falta de vontade que víamos na equipe de Gallo e também na de Petkovic simplesmente não existe mais. Agora o elenco tem raça e sabe jogar principalmente para se defender. Faltam corrigir alguns pontos essenciais no ataque, como o penúltimo passe e as finalizações (Neilton, essa é para você!), mas estamos no caminho certo.

Chegar em Itaquera e sair com os três pontos é uma missão complicadíssima, ainda mais com a fase espetacular que vive o Corinthians. Porém, o Vitória foi grande demais para saber como se comportar, conseguir o gol e se fechar para evitar tomar o gol de empate. Ainda poderíamos ter tido um resultado mais elástico se a arbitragem não anulasse o gol de Kanu e se Neilton e Patric acertassem seus chutes. Mas tudo bem.

Leia também: MOSTRA TEU VALOR #6 – Por que o Vitória usa vermelho e preto?

Preciso elogiar o capitão Wallace. Jogou demais. Um monstro. É o cara mais consciente do elenco rubro-negro. Mesmo com o time ganhando ele enxerga os pontos fracos e os explana, não se esconde atrás de resultado. Era de um jogador com esse perfil de liderança que precisávamos para estar junto com Willian Farias sendo “os cabeças” da equipe.

Ainda restam 17 batalhas e não podemos nos dar ao luxo de vacilar, como aconteceu em casa contra o Avaí, mas o torcedor que estava desesperançado hoje pode dizer que o time dá motivos para acreditar. Eu, que nunca joguei a toalha, deixo cravado aqui: O VITÓRIA NÃO VAI CAIR!

Heider Mota

Baiano, 21 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes.

Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: