RECANTO DA COLINA #21 – Nenê ainda não se desculpou com quem realmente merece; descubra

Vamos direto ao ponto, pois não há muito o que se dizer sobre esse fato. Quero colocar para vocês, vascaínos, uma reflexão: A quem Nenê realmente deve desculpas? Milton Mendes? Eurico? Elenco? Claro que não, torcedor! É muito fácil ficar de frente para esses citados e pedir falsas desculpas. Ficou faltando apenas uma classe para receber a tal retratação, e uma muito mais difícil de ser enfrentada: a torcida.

Leia também: RECANTO DA COLINA #19 – Há vida pós-Nenê?

Antes de voltar a ser útil como sempre foi, Nenê precisa se desculpar com a torcida vascaína, que o apoiou desde sua chegada em São Januário. Fomos nós que depositamos toda a confiança possível em seu futebol. Agora, sua atitude ingrata de pedir para não viajar com a delegação por estar para receber uma proposta de algum clube pequeno da Espanha, essa que acabou por não vir, é uma afronta a quem sempre esteve ao seu lado e sempre te aturou mesmo em péssimas partidas que fizeste por falta de vontade em atuar.

Leia também: RECANTO DA COLINA #20 – Quem é o principal culpado pelo momento delicado do Vasco?

Já voltou e já jogou. Teve seu nome gritado pela torcida durante praticamente todo o primeiro tempo do jogo contra o Palmeiras, na última rodada. Milton atendeu a vontade do torcedor e o colocou em campo no segundo tempo. É decepcionante saber que alguém que vive amparado pelas vozes vascaínas as preze tão pouco assim. Receber proposta é normal, porém pedir pra sair do clube onde não o falta nada e, quando o investidor se arrepende e retira a oferta, voltar como se nada tivesse acontecido, sem uma declaração sequer, é realmente bastante decepcionante. Plena atitude de falsos ídolos.

Foto do título da matéria: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

 

GIGANTE desde 1898! #PopularSemSerPopulista

Siga: @Igor_Calazans | Nós nos vemos em São Januário!

– Saudações Vascaínas!

%d blogueiros gostam disto: