CANTO DO MANTO #23 – A primeira decisão em que estou sem confiança

(Foto: Gilvan de Souza)

 

Desde que me dou por gente no “mundo do futebol” e vamos fazer essa contagem de 1999 (sou nascido em 1991), quando tenho memórias de comemorar muito o gol do Rodrigo Mendes no primeiro título daqueles que iriam consagrar o Flamengo tricampeão carioca de 99-00-01, vi o meu time passar por inúmeras decisões. Dentre estas, muitas foram para disputar títulos estaduais, Copa do Brasil e até Brasileiro. Mas também vi inúmeras (mais do que queria ter visto) para sair da zona de rebaixamento e escapar do Fantasma da série B. Deu certo.

E todas essas tinham apenas uma coisa em comum: a confiança de que alguma hora ia dar certo e um gol mágico ou salvador sairia dos pés de alguém improvável e que esse cidadão ficaria marcado na história. Pode parecer prepotência e ouço isso bastante de amigos de torcedores rivais, mas sempre aconteceu. Sempre tinha um Roma pra salvar a gente do rebaixamento ou um Obina pra acertar um chutaço contra o Paraná, assim como sempre tinha um Jean ou um Brocador pra fazer 3 gols e resolver os jogos mais complicados. O Flamengo tem uma mística que não pode ser ignorada. Deixou chegar, é complicado parar. E, principalmente, os rivais tremem.

LEIA TAMBÉM: Flamengo x Cruzeiro: Uma final injusta?

Obviamente, tudo tem exceções. E isso tende a não funcionar na Libertadores. De 1982 pra cá foram só fracassos, mas isso hoje não vem ao caso. Logicamente, já vi tragédias como a do Santo André (inclusive estava no Maracanã) e vi derrotas que me doeram como para o forte Cruzeiro de 2003 e a cavadinha do Loco Abreu em 2010. Foram poucas, ainda bem.

A última decisão grande para o Flamengo foi em 2013 e depois de uma campanha excelente, aquele time em formação foi campeão derrotando Cruzeiro, Botafogo, Goiás e Atlético Paranaense. Hernane Brocador artilheiro e decidindo nas finais, eliminamos o time do Cruzeiro (muito mais forte que o Flamengo da época) com direito a gol do pior jogador do elenco no momento Carlos Eduardo e que provavelmente foi o do título, pois foi fora de casa e salvador. E com direito a golaço de volante no primeiro jogo da final. Tudo que falei ali em cima comprovado.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir, André Santos, Luiz Antonio, Elias, Carlos Eduardo, Paulinho, Hernane e Jayme de Almeida. Esses eram os 11 iniciais e o técnico quando fomos campeões. Esse time era muito ruim. Mas todo mundo lutava e brigava até o fim. Elias corria o campo inteiro, Léo Moura flamenguista fanático acertando quase tudo, Luiz Antonio na sua única temporada como futebolista, Paulinho destaque driblando até a morte e Brocador brocando como nunca mais o fez. E de alguma forma eu sabia que seríamos campeões.

Já no dia de hoje, não estou confiante. Vejo um time bom, com boas peças e um elenco mediano. Somos treinados por um cara que entende bastante de futebol e tenta aplicar seus conhecimentos, mas com jogadores apáticos que não mostram vontade e provavelmente não sabem o que é a honra de vestir a camisa do Flamengo. Somados a uma diretoria onde a mentalidade é de apenas ganhar dinheiro e que esquece do torcedor que quer ver apenas o seu time aguerrido e mostrando raça, seja perdendo ou ganhando. Uma coisa que nunca poderão falar: a torcida do Flamengo abandonou seu time.

Participe dando seu RT para colocar o Flamengo na frente!

Torço muito para que calem a minha boca e que o Flamengo seja campeão, amenizando um pouco o ano ruim que estamos tendo. Que nesse momento de decisão,  os craques e líderes (Diego e Guerrero estou falando com vocês!) do elenco possam aparecer e fazerem jus ao dinheiro investido e a expectativa dessa torcida de apaixonados. Ou que algum aleatório possa fazer um gol salvador que bote essa taça na nossa sala de troféus. To nervoso, to ansioso e quero logo 21:45. E que eu possa dormir campeão novamente. Saudações rubro negras!

Lucas Farias

Carioca, 25 anos, nem um pouco jornalista, mas apaixonado por esportes, principalmente futebol. Flamengo, Tottenham, Miami Heat e New Orleans Saints.

%d blogueiros gostam disto: