GERAL DA MACACA #16 – Sob Nova Direção

Fala Macacada, tudo bem?
Demorou, mas Gilson Kleina é passado na Ponte Preta.
Não só pela sua demissão do clube, mas pelo comportamento do time em campo frente ao Sport no Majestoso.

Na entrevista coletiva pós jogo de quarta-feira, Brigatti falou umas 5 vezes uma palavra mais que batida pela torcida da Ponte, a “covardia” do time em campo. Ficou claro que tínhamos uma equipe montada de forma covarde!
E Brigatti resgatou o espirito que move a Associação Atlética Ponte Preta. Não é difícil admitir que ele tem 100% do apoio e adesão das arquibancadas. Pontepretano nato.
Lógico que ainda não está pronto para ser o comandante técnico principal, mas está se preparando para isso.

Sobre o time, evidente que há pelo menos 15 rodadas, os jogadores não estavam mais com GK. A pergunta é: qual o motivo de não trocar o comando antes de chegarmos à beira do Z4?
Não fosse a expulsão de ontem, acredito que conseguiríamos a vaga para próxima fase da Sula. Mas tivemos a exclusão infantil de Nino e a inoperância de Claudinho, fora o desastre de arbitragem que errou muito, para os dois lados. Porém o time lutou muito e mostrou vontade e raça e não fosse o resultado na Ilha do Retiro, teríamos conquistado a vaga, sem dúvidas.

Nosso “novo” técnico é Eduardo Baptista. Gostei. Acredito que a escolha foi boa, aliás, surpreendentemente boa. Temos falta de profissionais capacitados no Brasil e encontrar alguém cuja afinidade com o clube é conhecida e respeitada, é uma raridade. E o que precisamos hoje é pessoas compromissadas e que goste do clube.
Se compararmos aos nomes citados por imprensa e torcida, fica óbvio que foi disparado a escolha certa; Argel Fucks, Enderson Moreira, Ney Franco, Vadão… desses o único que sabe o que significa Ponte Preta é Vadão!

Na minha opinião acertada porque ele conhece o elenco, gosta do clube, tem apoio da diretoria e tem aprovação de grande parte da torcida. Tem mais conhecimento técnico e tático que GK e pode motivar os jogadores no estilo Brigatti e tirar mais de quem há algum tempo estava jogando abaixo, casos de Lucca, Bob, Cajá, Nino, Marllon. São jogadores importantíssimos para o elenco.
Ponto importante é que o contrato até o final de 2018 também revela coisas importantes de planejamento e atenção na montagem do elenco para o próximo ano. E que a ELENKO fique fora disso!

Para Eduardo especificamente, o jogo contra o Sport foi ótimo. Apesar da eliminação, o time mostrou potencial e sua incumbência será “apenas” nos manter na Série A sem a pressão de jogar duas competições paralelas.

Boa sorte a ele e a Nação Pontepretana!

É isso.

André Gonçalves

Andre Gonçalves

Ponte Preta desde sempre! Twitter: @andre7goncalves

%d blogueiros gostam disto: