QUEREMOS A COPA #16 – Vacilo em São Januário

Com todo o respeito ao Vasco da Gama, mas a derrota ontem foi um grande tropeço e pode comprometer os objetivos do time no ano. Jogando em um estádio com portões fechados e com o time titular, o Grêmio praticamente não ameaçou o clube carioca durante todo o jogo. Assim como no jogo contra o Cruzeiro, ainda pela Copa do Brasil, o tricolor teve uma postura covarde e sem organização, principalmente nos contra ataques, que foi a grande arma da equipe até então. Ontem, no mínimo era necessário buscar um empate para seguir vivo no campeonato. Agora, resta torcer para um empate no clássico Santos x Corinthians na Vila para seguir sonhando com o título nacional.

Tricolor acabou sendo derrotado em São Januário pelo placar de 1×0.

Ausências de Luan e Pedro Rocha foram determinante para o resultado

Com a lesão de Luan, que é dúvida para o jogo de quarta (13), contra o Botafogo pela Copa Libertadores e a venda de Pedro Rocha, o Grêmio praticamente perdeu suas duas principais peças do setor ofensivo. Embora com as presenças de Lucas Barrios e Ramiro,ambos titulares, o time não rendeu. Fernandinho não foi o mesmo dos jogos anteriores e além disso, Léo Moura foi o escolhido para iniciar o jogo e acabou  não contribuindo como de costume. Sem a qualidade de Luan, o Grêmio foi um time pouco criativo e mereceu perder o jogo.

Para o jogo decisivo contra o Botafogo, o Grêmio necessita urgente da recuperação de Luan e também encontrar no elenco alguém que possa tentar substituir Pedro Rocha. Michel, suspenso, não joga e o seu substituto natural, o capitão Maicon, só volta em 2018. Em contrapartida, Geromel, recuperado, deve retornar ao time titular. Agora tudo é Libertadores, QUEREMOS A COPA !!

%d blogueiros gostam disto: