Seleção Brasileira – Resultados não podem justificar tudo

(Foto: Pedro Martins/MoWa Press)

O título é polêmico, eu sei. Mas o leitor vai concordar que a convocação de Tite para os dois últimos jogos da Seleção Brasileira nas Eliminatórias também é bem controversa. Alguns nomes chamados e outros que ficaram de fora simplesmente não são entendidos pela crônica e pela torcida. E não é porque Tite vem fazendo um trabalho espetacular, até agora, que ele está imune de criticas quando eu ou qualquer um acredite que ele tenha errado.

CONFIRA TAMBÉM: SELEÇÃO BRASILEIRA – TENTATIVA E ERRO

Vamos começar pelo gol. Na mesma semana em que Cássio comete um erro técnico e Vanderlei fecha o gol na Libertadores, a convocação trás Cássio e Vanderlei, outra vez, ficou de fora. Se o período é de observação, qual o critério de levar Cássio e não levar Vanderlei, o melhor goleiro do Campeonato Brasileiro há dois anos? Ainda que haja uma preferência por Cássio, não há desculpas para pelo menos não observar de perto o goleiro santista.

No meio campo, o técnico também fez escolhas duvidosas. Diego, do Flamengo, e Fred, do Shaktar Donetsk, foram chamados. Diego vive a sua pior fase no rubro-negro carioca desde que chegou no ano passado. Fred passou um bom tempo fora por doping, voltou a jogar recentemente e já foi chamado. Além do fator campo, Tite ainda quebra o “critério da honestidade” que usou para justificar a convocação de Rodrigo Caio na lista anterior. Alguém condenado por doping preenche esse requisito? Fica o questionamento. Dito isso, Fabinho, do Monaco, vem jogando muito bem há algum tempo, chegou a ser especulado em grandes clubes europeus, mas não tem chances com Tite. Mais um caso inexplicável, para uma posição que temos jogadores em má fase, como Renato Augusto, Giuliano, Diego. Lucas Lima ainda precisa de regularidade, mas vem jogando bem e seria até aceitável a sua volta.

Por fim, a convocação de Diego Tardelli também é bastante questionável. Neste caso, entretanto, enxergo um pouco na contramão da maioria dos comentários que li e ouvi. Tardelli vem tendo bons números desde que voltou a atuar na China. Entretanto, o jogador, assim como Fred, ficou muito tempo parado. Se ele foi convocado para a função de lado de campo, é ainda menos compreensível. Tite chegou a dizer que Tardelli foi bem quando o enfrentou, mas isso já tem pelo menos 2 anos. Não dá pra convocar uma seleção com esses critérios.

Pra não dizer que só critiquei, algumas convocações devem ser aplaudidas. Danilo, do Manchester City, no lugar de Fagner, que não vem bem há algum tempo, e Arthur, do Grêmio, foram ótimas escolhas. O lateral tem a polivalência a seu favor, além da experiência de atuar na liga mais forte do planeta e já ter jogado no Real Madrid. Arthur é uma jovem promessa que vem fazendo uma temporada espetacular com o tricolor gaúcho, e ainda que seja difícil crer numa ida para a Copa, tem bola para se fixar na seleção num futuro próximo.

Que Tite tenha as suas preferências, isso é normal. Todo ser humano tem as suas e eu entendo. Só que esse é o momento de experimentar, testar jogadores, observar de perto a reação de alguns caras dentro do ambiente da seleção. E aparentemente, Tite está se apegando em alguns nomes de forma inexplicável, e utilizando critérios puramente subjetivos para chamar alguns jogadores. Os resultados em campo são ótimos, mas isso não pode transformar escolhas questionáveis em verdades absolutas, só porque o treinador está bem. O momento é de indicar os defeitos pequenos para chegar na Copa do Mundo o mais preparado possível.

Confira a lista de convocados:

Goleiros:
Alisson (Roma)
Cássio (Corinthians)
Ederson (Manchester City)

Zagueiros:
Marquinhos (PSG)
Miranda (Inter de Milão)
Thiago Silva (PSG)
Jemerson (Monaco)

Laterais:
Daniel Alves (PSG)
Danilo (Manchester City)
Marcelo (Real Madrid)
Filipe Luis (Atlético de Madrid)

Meias:
Arthur (Grêmio)
Diego (Flamengo)
Casemiro (Real Madrid)
Fernandinho (Manchester City)
Paulinho (Barcelona)
Renato Augusto (Beijing Guoan)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Willian (Chelsea)
Fred (Shakhtar Donetsk)

Atacantes:
Diego Tardelli (Shandong Luneng)
Neymar (PSG)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Roberto Firmino (Liverpool)

 

 

%d blogueiros gostam disto: