Turnover – Tempos difíceis para Cairo Santos

(Foto: Kansas City Chiefs/Site oficial)

O Kansas City Chiefs anunciou na última terça-feira que o kicker brasileiro Cairo Santos foi colocado na Injury Reserve (lista de contundidos) da equipe do Missouri. Com isso, o jogador deve perder pelo menos 8 semanas da temporada e pode até ficar de fora do restante da temporada dos Chiefs, que começaram o ano com tudo e são um dos dois últimos invictos na NFL em 2017. Mas quais serão as consequências dessa lesão para os Chiefs, e principalmente: qual o impacto disso para a carreira de Cairo na liga?

CONFIRA TAMBÉM:  O exercício do verdadeiro poder da fama

Para Kansas City, o impacto pode ser maior do que parece. Os Chiefs trouxeram o kicker Harrison Butker, que estava no practice squad (grupo de jogadores que participam apenas dos treinamentos das equipes) dos Panthers. Não soa o kicker mais confiável do planeta, para uma equipe que tem no Field Goals uma das suas principais armas. No ano passado, sem pelo menos 3 FG de Cairo, os Chiefs teriam uma campanha de 9-7, o que o tiraria dos playoffs, por exemplo. Num liga onde os detalhes são cruciais para se determinar quem vence e quem perde, isso pode fazer a diferença para a temporada de Kansas.

Para Cairo, o cenário é preocupante. Apesar de ser um kicker extremamente confiável, o mundo gira muito rápido na NFL. Ele vem crescendo de produtividade a cada ano, mas estava no último ano de seu contrato. O objetivo era ter um desempenho melhor do que o da temporada passada, quando Cairo chegou aos 88.6% de acertos em FG (31-35) e foi perfeito nos pontos extras. Ficar acima dos 90% é uma meta ousada, atingida apenas por grandes kickers da liga, onde Cairo já estava se colocando.

Contudo, a lesão sempre deixa dúvidas de como será a sua volta. A lesão na virilha já vinha o incomodando desde o training camp e acabou se agravando após uma pancada que ele sofreu num Field Goal durante o jogo contra os Chargers. Agora a expectativa é que ele volte o quanto antes, mas se ficar fora da temporada, seu destino é bastante incerto. Isso porque ele será um Free Agent, e pode perder espaço nos Chiefs, dependendo do desempenho do seu substituto. Além disso, nunca é fácil encontrar uma vaga de kicker em outra franquia na NFL, já que o cargo é de confiança do técnico e muitas vezes, os kickers que estão empregados só perdem vaga se estiverem MUITO mal.

Mesmo assim, meu palpite é que o “zika das bicudas” ainda deve continuar na NFL no próximo ano, seja nos Chiefs, seja em outra franquia. Ele é melhor que alguns kickers que estão empregados atualmente, e caso não volte aos Chiefs, o primeiro vacilo de um desses jogadores fará com que Cairo seja uma das prioridades de franquias que estejam buscando um jogador para a posição.

%d blogueiros gostam disto: