VIVO ESSA PAIXÃO #11 – Nada definido

Falar do jogo de ontem pode ser algo desesperador, ruim para uns, mas o golzinho que precisávamos não veio, martelamos o gol dos caras, mas tiveram força e sorte para que a bola não entrasse. A surpresa começou na escalação, Leo Valencia ganhou a primeira oportunidade como titular na competição. Lindoso no banco significaria uma grande perca na saída de bola, e um time mais exposto.

O Leo, teve uma partida muito irregular, errando passes fáceis e matando contra-ataques, a bola não chegava em condições para o Roger, que lutou bastante. O Grêmio subia constantemente  e conseguia usar o lado direito, Arnaldo deixava uma lacuna na linha de fundo, Arthur fez a festa em um lance e quase guardou o dele. O time alvinegro não conseguia finalizar, nenhuma finalização certa, preocupante.

Sobre o PÊNALTI escandaloso não marcado: colocar um árbitro Venezuelano em um jogo grande de Libertadores não é nada inteligente Conmebol. Edilson usa o braço e ainda dá uma joelhada no Gilson, não pode ter esse erro. Ahhh essa arbitragem.

As substituições não funcionaram. Um jogo muito disputado, poucas chances de gol, Renato Gaúcho fechou a casinha e conseguiu o que mais queria, decidir em casa sem sofrer gol no Rio, O que torna a decisão mais emocionante. Eliminamos o Colo-Colo e Olimpia em seus domínios, lembrando a vitória histórica na fase de grupos sobre o Nacional de Medellín no Atanasio Giradort.

                                                                          foto: instagram/foto_vitorsilva

               VAMOS VAMOS VAMOS BOTAFOGO

ESTATÍTICAS:

Posse de bola do Botafogo: 46%
Posse de bola do Grêmio: 54%
Finalizações certas do Botafogo: 0
Finalizações certas do Grêmio: 4
Finalizações erradas do Botafogo: 5
Finalizações erradas do Grêmio: 7
Cruzamentos certos do Botafogo: 5
Cruzamentos certos do Grêmio: 3
Cruzamentos errados do Botafogo: 14
Cruzamentos errados do Grêmio: 14
Passes certos do Botafogo: 295
Passes certos do Grêmio: 373
Passes errados do Botafogo: 42
Passes errados do Grêmio: 31
Lançamentos certos do Botafogo: 17
Lançamentos certos do Grêmio: 16
Lançamentos errados do Botafogo: 28
Lançamentos errados do Grêmio: 19
Desarmes certos do Botafogo: 18
Desarmes certos do Grêmio: 13
 

Por Marco Eduardo

AVALIAÇÃO INDIVIDUAL

GATITO FERNÁNDEZ: 6.5

Trabalhou pouco. Porém, quando preciso fez grande defesa.

 

ARNALDO: 7.0

Serviu como válvula de escape por várias vezes. Vive grande fase, voltou melhor ainda após lesão. Voa, Arnaldinho!

 

IGOR RABELLO: 7,0

Partida segura, sem vacilos. Tomou conta da posição. Hoje é indiscutível sua titularidade.

 

CARLI: 7.5

Achou seu parceiro ideal, Rabello. Perfeito novamente. Sua presença dá organização e liderança a parte defensiva do time. E a bola que salvou em cima da linha? MONSTRO!

 

GILSON: 8,0

Melhor em campo pelo alvinegro. Fez sua melhor partida pelo Botafogo. Chegou bem no setor ofensivo e foi providencial na marcação. Ótima partida do Gilsã™ (QUEM DIRIA?!)

 

JOÃO PAULO: 6,5

Voltando de lesão, sentiu um pouco o ritmo da partida, mesmo assim, não chegou a comprometer. Ainda conseguiu articular alguns contra-ataques, mas nada de espetacular.

 

MATHEUS FERNANDES: 6,0

Foi mal. Na armação das jogadas demorava muita a soltar a bola, parecia indeciso. Sem contar na cabeçada pífia no começo do jogo. Compensou mais uma vez com muitos desarmes.

 

BRUNO SILVA: 5,0

Sob olhares de Tite, fez uma das suas piores partidas no ano. Não faltou garra, é verdade. Mas errou muitos passes, não deu continuidade a inúmeros lances.

 

LEO VALENCIA: 4,5

Péssima atuação do gringo. Inventou quando não precisava e nos momentos em que se esperava algo de diferente não acertou nem o simples.

 

PIMPÃO: 5,0

Outro que fez uma partida ruim. Sobrou disposição para marcar (de maneira afobada) e pressa para concluir as jogadas no último terço do campo. Parecia querer se desfazer da bola o mais rápido possível.

 

ROGER: 7,0

Mesmo muito marcado, conseguiu criar chances. Teve boa movimentação. O passe de letra para Gilson sofrer o pênalti (não marcado) foi cinematográfico. Está bem melhor do que no começo da temporada o nosso camisa 9 (QUEM DIRIA?!)

 

RODRIGO LINDOSO: 6.0

Reloginho no meio campo. No pouco tempo em que participou fez com que a meiuca se portasse de forma mais organizada. Sem inventar, Jair! Próximo jogo é Lindoso titular!

 

MARCOS VINÍCIUS: 5.5

Entrou para mexer com jogo. Até buscou ser participativo na armação das jogadas, mas poderia ter sido um pouco mais agudo em suas tomadas de decisão. Foi conservador demais na escolha das jogadas.

 

GUILHERME: 6.5

Entrou para rabiscar, como de costume, dando trabalho para o lateral adversário. Substituição que poderia ter sido feita antes.

JAIR VENTURA: 6,5

Fez boas mudanças que, por situações de jogo, não surtiram efeito. Sua defesa mostrou organização e obediência tática admirável (DE NOVO!). Seu demérito está em ter mexido na escalação (DE NOVO!) antes de uma partida importante. Léo Valencia não conseguiu fazer a função que imaginava.

 

JOSE ARGOTE (“JUÍZ”) : 0

Não podia deixar passar. Medroso, mal posicionado em vários lances, hesitante, fez uma das piores arbitragens que eu já pude presenciar. Claramente despreparado para apitar uma partida do cacife de Botafogo e Grêmio. Não ter apontado a penalidade no lance do Gilson foi coisa de quem não entende nada de futebol.

Por Bernardo Claro

Marco Eduardo

Botafoguense, estudante, e apaixonado pelo futebol ⚽️ Twitter: marcotesilva

%d blogueiros gostam disto: