CONHECEMOS TEU VALOR #8 – Vitória em boa hora

Uma das vitórias mais improváveis do Atlético no ano. O time vinha de 3 derrotas e um empate nos últimos jogos, treinador expondo jogadores em entrevista coletiva e problemas entre diretoria e torcida espirrando dentro de campo. Muitos torcedores já estavam irritados antes do jogo começar, ao ser divulgada a escalação inicial. O jogo contra o Vitória em Salvador, válido pela 29ª rodada do Brasileiro, não trazia otimismo aos atleticanos, mesmo sendo contra um time que brigará até o fim do campeonato para se manter na elite. O contexto não ajudava.

Com 3 minutos de jogo Ribamar abriu o placar depois de cobrança de escanteio de Guilherme. Esperança renovada. O Atlético se fechou enquanto o Vitória mantinha maior posse de bola. Acabamos sofrendo o empate aos 22 minutos. O primeiro tempo seguiu com o clube baiano com muita superioridade em posse, mas insistindo em bolas aéreas. O Atlético chegou com chutes quase sequenciais de Jonathan e Coutinho e só. No intervalo, Fabiano Soares tirou Gedoz, colocou Fabrício na lateral e avançou Sidcley, mas logo aos 4 minutos o Vitória chegou a virada com o colombiano Tréllez. A partir daí o time se desorganizou, o clube baiano seguia no ataque e a partida parecia perdida. Fabiano arriscou e colocou Lucas Fernandes no jogo, tirando Pavez. Até que aos 20′, Fabrício achou Lucho livre na área que tocou para Coutinho completar pro gol. Três dos jogadores mais criticados no ano participaram do empate. A partir de então o jogo ficou mais aberto e aos 33′, após nova assistência de Guilherme, Ribamar subiu livre e virou pro Atlético. Seu quarto gol pelo clube. 3×2, sufoco até o fim e mais três pontos na bagagem. O desempenho do time realmente não foi bom, mas o momento pedia vitória. Deu tranquilidade ao Fabiano Soares e ao time, que vinham sendo cobrados.

Com a vitória o Furacão encerrou uma sequência negativa de 4 jogos sem vencer e um tabu que já incomodava: 13 anos sem ganhar do Vitória em Salvador pela primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Ano passado tivemos um jogo parecido por lá: 3×2 pros mandantes e também com duas viradas de placar.

Adiante temos Sport e Chapecoense em casa e mais uma vez uma sequência para se firmar no campeonato. Foi assim contra AtléticoMG e AtléticoGO, mas os resultados não vieram, sem citar outras oportunidades parecidas que tivemos durante o campeonato. Realmente tem sido difícil prever o que acontecerá até o fim da competição, mas não creio que sofreremos riscos de rebaixamento. E se a proposta é brigar por G7 ou G8, todo jogo passa a ter maior peso, tanto na confiança do time e treinador, como na perspectiva dos torcedores e imprensa.

Agora mais individualmente destaco Ribamar, claro, com duas belas cabeçadas e muito empenho, e Guilherme, que apesar de aparecer pouco durante o jogo, foi decisivo.

Pra encerrar minha estreia aqui no Cantinho do Torcedor, atento a duas coisas:

– Baita promoção de ingressos para as mulheres comparecerem em peso a Baixada nesse Outubro Rosa (que tem como objetivo estimular a participação da população no controle de câncer de mama). Ingressos a R$ 30 para elas.
– Post do Jonathan em seu Instagram após a vitória de quinta-feira. Um dos jogadores mais sensatos que vi no Atlético e um dos melhores do ano por aqui. (Citação abaixo)

 

Eduardo Dias (@emfdias)

 

  • jonathan2_oficialMuitas vitórias, não dizem a verdade, sobre o que acontece em um jogo de futebol. E nem a derrota diz também o que foi o jogo. Por isso que o tal do futebol e inexplicável,emocionante e cheio de surpresas. Nosso jogo hoje não foi bonito não foi brilhante, mas o importante hoje, e que fomos eficientes em fazer os gols, que teimavam em não sai. Estávamos ansiosos e chateados pelo longo tempo sem acontecer as vitorias. Iremos acreditar sempre, até o apito final, vamos correr e lutar pela vitória da equipe. Quando não se vai na técnica, tem que ir na raça e na vontade, como foi hoje. Parabéns a todos do @atleticoparanaense pela dedicação de sempre e pelo trabalho. #sempreavantefuracao👊🏽👏🏽#3pontos#jonathan2

Eduardo Dias

Apaixonado pelo AtléticoPR, mas acima de tudo pelo futebol. Curitibano de criação, estudante de adm.

%d blogueiros gostam disto: