De Olho na Fera #13 – François Kamano

(Foto: www.football365.fr)

Se destacar no campeonato francês é algo muito difícil para qualquer jogador, principalmente porque os holofotes e os investimentos estão sempre focados nas estrelas e nos grandes times do país como PSG, Monaco e Lyon.

Mas na temporada passada (16/17) além do Monaco, que surpreendeu a todos e levou a taça, o Bordeaux conseguiu um bom 6° lugar, quase se classificando para a Liga Europa e um dos destaques da equipe foi um jovem chamado François Kamano.

Foi a sua primeira temporada vestindo a camisa 11 do time azul, após ter sido contratado do Bastia por 2,5 milhões de euros. Para um jovem de 20 anos fazer 8 gols e dar 4 assistências para seus companheiros, logo em sua primeira temporada, com certeza foi uma grande surpresa.

Se poucas pessoas conheciam o talento do jogador na França, na Guiné, seu país de nascimento, seu talento já chamava a atenção há muito tempo. O jogador teve sua primeira convocação com 17 anos e desde então vem sendo presença cativa nas convocações, inclusive já balançou as redes 2 vezes.

Mesmo tendo pouca idade Kamano consegue jogar em várias posições dentro do campo. Normalmente ele atua como ponta, variando entre esquerda e direita, mas quando necessário ele pode ser centroavante ou um falso 9. Além de ser muito rápido e driblador, um outro fator que o faz ter destaque é a habilidade de chutar com os dois pés, além de possuir uma boa estatura, conseguindo fazer alguns gols de cabeça.

Nesta temporada, o Bordeaux continua brigando na parte de cima da tabela, e já na 9° rodada do campeonato, Kamano fez 2 gols e é um dos líderes em assistência da competição com 4, mesmo número de seu companheiro de equipe, o brasileiro Malcom, com quem forma uma boa dupla na equipe francesa.

Infelizmente Guiné não é um país formador de grandes nomes do futebol, mas Kamano está mostrando ter muito potencial. Se ele conseguir absorver a experiência que está tendo no Bordeaux e continuar com as boas exibições, logo conseguirá uma transferência para um clube maior e quem sabe se transformará em uma das estrelas do futebol.

Texto: Guilherme Vechiato

 

%d blogueiros gostam disto: