QUEREMOS A COPA #22 – Minha avaliação sobre o Grêmio antes da final

Crédito foto: Divulgação/ Grêmio FBPA

O Grêmio demonstrou ao longo de 2017 ser um time extremamente organizado e forte, fazendo partidas praticamente perfeitas ao longo da temporada. Para coroar esse ótimo retrospecto, é necessário conquistar um título e o Tricolor está a 180 minutos de conquistar o seu grande objetivo, o Tricampeonato da Libertadores.
Como o título da Libertadores não está garantido, o Grêmio precisa rapidamente e obrigatoriamente confirmar a sua vaga direta para a Libertadores de 2018. Pelo o que jogou esse ano e pelo potencial do elenco que todos nós sabemos, seria um vexame acabar o ano sem título e presente apenas na Pré-Libertadores do ano que vem.
Nessa altura do campeonato, acontece aquela questão corriqueira. Poupar ou não jogadores visando a final ? E o ritmo de jogo? Bem, eu defendo que o Grêmio precisa também estar focado no Campeonato Brasileiro para assegurar a vaga direta para a Libertadores e isso não significa que precise usar todos os titulares em todos os jogos até a final. Jogadores como Edílson, Geromel, Kannemann, Luan e Barrios são extremamente importantes e podem sim serem poupados em alguns jogos. Particularmente, nesse contexto, gosto de um time misto, com alguns titulares e outros bons reservas que o Grêmio tem.
Para resumir, o Grêmio deve estar atento ao Brasileirão que está no fim e confirmar seu lugar no G-4. Além disso, rodar o elenco e preservar apenas os jogadores mais importantes e desgastados.

Arena deve receber seu público recorde no dia 22 no jogo de ida das finais contra o Lanús. Crédito foto: Divulgação/Grêmio FBPA

Por fim, a ansiedade está grande. Chega o natal e não chega o dia 22. QUEREMOS A COPA ! QUEREMOS O TRI !

 

%d blogueiros gostam disto: