VIBRANTE E FORTE #8 – Inaceitável

Por: Rafael Alves (@rafaelfec_)

Fazia tempo que não sentia um gosto amargo num empate. Nem o 0 a 0 do segundo jogo contra o CSA foi assim. Esse resultado em igualdade contra o Floresta foi terrível. Precisamos comentar essa partida detalhadamente. Após esse resultado, creio que não há mais defensores para remanescentes do acesso em 2018.

Todo mundo pode dizer que o Fortaleza massacrou o Floresta e perdeu muitas oportunidades, porém é necessário pontuar algumas situações. O nosso adversário foi bem o suficiente para abrir o placar e deixar nossa equipe atordoada. Pois é, o Floresta deixou o Leão atônito na partida. Só um breve detalhe: o “mando de campo” era nosso.

Até respeito a equipe, pois conquistaram o acesso à Série B, mas, principalmente depois desta partida de hoje, ficou claro que precisamos de uma reformulação. Uma varredura total. Eu vou citar alguns nomes, mas estes já são até conhecidos pela torcida. Assim como eu, a maioria também é a favor desta mudança no elenco para o ano que vem.

Não se pode ir à Série B com os atacantes que temos. Vocês viram o Hiago hoje? Aliás, vocês viram o Hiago na temporada inteira? Gente, não dá. Hoje foi pífio. Pior que em outras oportunidades. Não deu pra aceitar o tamanho da raiva que passei nas arquibancadas do PV presenciando uma decisão da Taça Fares Lopes. Foi inacreditável.

Mais um: Leandro Cearense. Autor do gol? Certo. Mas um gol marcado não esconde futebol apresentado. Muita gente fala que eu o marco, mas não é assim. Ele tem dificuldade pra dominar uma bola, gente! É quase impressionante. Quase! Seria cômico, se não fosse trágico.

Só lembrando que o Floresta jogará pelo empate. Se quisermos disputar a Copa do Brasil no ano de nosso centenário, temos que torcer por um milagre. Essa equipe é capaz, disso ninguém tem dúvida, mas foi com esse time que passamos pelas maiores raivas dos últimos anos. Também nos deram a maior alegria. Só que não podemos nos fechar a isso.

Eu acredito!

Bora, Leão!

%d blogueiros gostam disto: