VIBRANTE E FORTE #9 – Não vai ficar ninguém

Por: Rafael Alves (@rafaelfec_)

Parabéns aos envolvidos. Estamos fora da Copa do Brasil 2018. No ano do centenário, ficamos apenas com a Série B e o Campeonato Cearense. O elenco, que nos trouxe o acesso à segunda divisão, é o mesmo que nos deixou fora de duas competições extraordinárias e importantes no calendário.

Não posso deixar de pontuar algumas coisas: eu já vinha falando sobre o Hiago. Disseram que era perseguição, que não era para aquilo tudo, etc. Pois é, lembrem como foi a atuação dele nos dois jogos da decisão contra o gigante Floresta (todo respeito ao clube, que foi superior e ganhou a taça por merecimento). Não dá pra aceitar.

Leandro Cearense: o artilheiro que não faz gol. Não vou chamá-lo de “quase gol” porque é um apelido ultrapassado. Em toda minha vida, eu já vi atacantes ruins, mas decisivos. Esse cara consegue ser ruim e não fazer gol. É a junção de tudo que há de asqueroso num jogador de futebol. Triste, meus amigos.

Mais uma vez, eu não vou falar sobre o jogo. Não quero dar ânsia de vômito aos meus leitores. Só quero afirmar que está mais que comprovado que o acesso do Fortaleza com essa equipe foi o maior aborto do futebol brasileiro nos últimos anos. Creio que tenha acontecido por obra divina. Talento não foi. A prova disso foi o pífio estadual que fizeram, fechando com chave de ouro deixando escapar o título da Fares Lopes e, consequentemente, a vaga para a Copa do Brasil no ano do centenário do clube.

Limpeza total

Não se pode jogar Série B com essa equipe. Tirando o Marcelo Boeck, nenhum jogador tem futebol para atuar numa segunda divisão de campeonato nacional. A ordem, agora, é debandada. Desfile de malas. Aos demais, obrigado e adeus! Passem longe do Pici. Serão sempre respeitados pelo acesso conquistado, mas ainda bem que tivemos provas de que tudo aquilo foi na conta de um goleiro e de um técnico competente.

2018

O ano acabou, em todos os sentidos. Estamos a pouco mais de um mês para virada, e ainda não temos um técnico e um elenco para o ano do centenário. Só teremos duas competições no calendário. A obrigação é de conquista no Campeonato Cearense e acesso à Série A. Desculpa não terá. Chegou a hora de demonstrar competência e montar um time à altura do Fortaleza.

Saudações Tricolores!

%d blogueiros gostam disto: