HOSPÍCIO #122 – O Corinthians e o número 7

O número 7. Para os corinthianos mais supersticiosos, é muito mais do que uma representação numérica. É, também, uma representação corinthiana. A ligação da instituição com o 7 é maior do que com que qualquer outro número. Ainda que traga uma lembrança ruim, temos mais lembranças boas quando relacionamos o Timão com o número.

O Parque São Jorge, a primeira sede do Corinthians, é situado na Rua São Jorge, no Tatuapé, número 777 desde 1928. Alguns anos mais tarde, finalmente saímos da fila de 23 anos sem títulos. Em 1977, ganhamos o campeonato paulista. A lembrança triste vem com o ano de 2007, em que o Timão foi rebaixado, mas é a única lembrança ruim.

Há um capítulo especial nessa história. 40 anos depois de 1977, 0 Corinthians conquistou o 7º título no campeonato brasileiro. E não só isso, o primeiro artilheiro da história corinthiana não veste a 9, veste a 7. E tudo isso aconteceu no ano de 2017.

Superstição? Sim. Apenas um ponto interessante da história do Corinthians ligado a um número “qualquer”.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: