Futebol da Itália em 10 tópicos

A temporada na Itália já chegou à metade e muita coisa aconteceu até. Destaques, surpresas e principalmente decepções. Reunimos em 10 tópicos os principais fatos que marcaram o futebol italiano até o momento na temporada 2017/18. Confira!

10- Cittadella e Pordenone se tornaram as grandes surpresas na Copa da Itália. Os times das séries B e C italiana avançaram e eliminaram times da primeira divisão e só foram eliminados nas oitavas de final. O Cittadella foi caiu apenas para a Lazio por 4-1, e o Pordenone foi eliminado pela Inter de Milão, nos pênaltis, em San Siro.

9- A boa participação dos tipos italianos nas competições europeias. Juventus e  Roma avançaram para as oitavas de final de Liga dos Campeões, enquanto na Liga Europa são quatro times na fase de dezesseis avos de final: Milan, Napoli, Lazio e Atalanta.

8- O futebol que encanta em Nápoles. A equipe comandada por Mauro Sarri se destacou pelo excelente futebol e toque de bola. O time teve sua primeira, e única, derrota no campeonato na décima quinta rodada para a Juventus, e lidera o Calcio.

7- O show de Ciro Immobile. Com vários jogadores mais badalados no campeonato, o atacante da Lazio se tornou destaque em participações de gol no Calcio. Além de artilheiro com 20 gols, o atacante ainda é o segundo maior assistente, com sete passes para gol.

Immobile, o artilheiro (Foto: Reprodução / Twitter da Lazio)

6-  A decepção de Milão. Com novos donos e bastante dinheiro gasto, o Milan teve os holofotes de volta para si depois de algum tempo no limbo. Apesar do início promissor o time começou a se afundar com muitos tropeços e depois de muita crítica, Montella foi demitido do cargo de treinador e deu lugar ao ídolo Gattuso. Além de ter eliminado a Inter na Copa da Itália, tentará recuperar a campanha e chegar ao menos uma Liga Europa.

Gattuso tentará salvar a temporada do Milan (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)

5- A surpresa de Milão. Muito mais tímido que o seu rival da cidade, a Inter de Milão não fez muito alarde nas contratações. Com a base dos anos anteriores, o time nerazzurro chegou a liderar o campeonato italiano e briga firme para conseguir vaga direta para a próxima Liga dos Campeões.

4- Os times que subiram. O fraco desempenho do SPAL, Hellas Verona e principalmente do Benevento, fez alguns críticos sugerirem a diminuição no número de times da primeira divisão. A ideia é ter menos para melhorar o nível geral da competição.

3- Brigas por toda tabela. Diferente de algumas ligas, onde o líder disparou na liderança desde o início, a Serie A italiana não teve ninguém que disparasse, mas já concentra algumas disputas. Pelo título, Napoli e Juventus se digladiam; Inter, Lazio e Roma brigam pelas vagas da Liga dos Campeões; da sexta colocada Sampdoria até a Udinese decima primeira disputam pela Liga Europa; SPAL, Crotone, Hellas Verona e Benevento brigam para se salvar do rebaixamento

Goleiro Alisson é destaque na Roma (Foto: Getty Images)

 

2- Brasileiro em destaque. Alisson espantou a desconfiança e é o goleiro com mais clean sheets (jogos sem sofrer gol) no país, e ainda foi destaque com algumas atuações na Liga dos Campeões, especialmente na primeira rodada da fase de grupos no jogo contra o Atlético de Madri quando fez nove defesas na partida, e já desperta interesse de Liverpool e PSG.

 

 

1-Desempenho do Benevento. A equipe debutante na primeira divisão chamou atenção pelo seu desempenho horrível, chegando a quebrar o recorde da temporada 1930/1931, do Manchester United, de pior sequência inicial em uma das cinco maiores ligas europeias. Foram 14 derrotas seguidas, até um heroico empate com gol de goleiro contra o Milan. A primeira vitória veio apenas na última rodada do primeiro turno, 1×0 contra o Chievo. Fica de alento que após a primeira vitória o Benevento também venceu fora de casa a Sampdoria. Mesmo assim, são sete pontos, 13 gols feitos e 43 sofridos de uma campanha digna de pena.

Comemoração do gol que deu o primeiro ponto do Benevento (Foto: REX-Shutterstock)
%d blogueiros gostam disto: