Turnover – Panela velha é que faz comida boa?

(Foto: CBS Sports)

O divisional round, também conhecido como as semifinais de conferência, está chegando. O principal atrativo para os quatro duelos do final de semana serão justamente os embates entre “mestres” e “aprendizes” nos playoffs. Nomes de peso na história da NFL, sendo 3 vencedores de SuperBowl e um que chegou até a decisão, enfrentando QBs que juntos não tem metade dos jogos de Matt Ryan em Playoffs, o QB com menos participações em playoffs dentre os mais experientes. A dúvida que fica entre os que acompanham a NFL é: será que os mais jovens serão capazes de superar a experiência dos que já viveram essa situação de decisão por mais vezes?

A rodada divisional promete ser a melhor de toda a temporada, incluindo jogos da temporada regular e o Wildcard. Ela pode marcar tanto a consolidação de grandes Qb’s na história da liga como pode representar uma passagem de bastão para os mais novos, caso estes consigam superar os adversários com mais rodagem nos playoffs. Mas quais são as chances reais da juventude chegar lá? Ao meu ver, são bem pequenas, analisando todo o conjunto e situação em que os jogos irão transcorrer. Vejamos só:

No sábado, teremos duas partidas. Às 19h30, o Atlanta Falcons vai até a Filadélfia enfrentar os Eagles. Matt Ryan, com 9 jogos em pós-temporada (campanha 4-5), enfrentando Nick Foles, QB reserva dos Eagles com apenas uma partida de experiência na pós-temporada (campanha 0-1). Não que Carson Wentz seja mais experiente que Foles nesta situação, mas o ruivo estava jogando bem. Com uma defesa dos Falcons inspirada e um ataque que parece se encaixar, vejo um cenário improvável de vitória para os Eagles, mesmo jogando em casa. No segundo jogo da noite, os Patriots de Tom Brady e seus incríveis 34 jogos de playoffs (campanha 25-9) recebem os Titans de Marcus Mariota indo para o seu segundo jogo de playoff, após uma vitória épica sobre os Chiefs na semana passada. Em resumo, é o Patriots em casa nos playoffs. Missão quase impossível para Tenessee.

Nos dois jogos do domingo, outras duas batalhas indigestas para os novatos. Às 16h, os Steelers de Big Ben Roethlisberger e seus 20 jogos em playoffs (campanha 13-7) recebem Blake Bortles (1-0 em playoffs) e os Jaguars. Na temporada regular, os Jaguars venceram no Heinz Field. A chance dos Jaguars está em estabelecer o jogo corrido e tirar o ritmo do ataque de Pittsburgh, dando chance para que a defesa de Jacksonville mostre a sua força. Entretanto, aposto em mais uma vitória dos experientes. Por fim, encerrando a rodada, Saints e Vikings se enfrentam no duelo que talvez seja o mais parelho da rodada. Não pelos QBs, já que Drew Brees, com 12 partidas de playoffs (campanha 7-5) enfrenta Case Keenum, com NENHUM jogo em janeiro. Entretanto, os Vikings jogam em casa, tem corrido bem com a bola e tem uma grande defesa, das melhores da NFL. A esperança é que Keenum não sinta tanto o jogo e possa colaborar para que Minnesota chegue a final de conferência. Ainda assim, com o nível que Brees apresentou no jogo passado, é difícil não ver o Saints avançando para mais uma final de conferência.

E vocês, apostam em quem?

%d blogueiros gostam disto: