VIBRANTE E FORTE #11 – Primeira impressão

Por: Rafael Alves (@rafaelalvesg_)

Pois é, amigos. Chegou 2018. Com ele, uma esperança de um ano cheio de glórias para o Fortaleza. O ano mais importante de sua história contou com um início muito bom. Pretendo ser o mais breve possível. Vamos fazer uma pequena análise desses primeiros dias de pré-temporada.

Reforços

Sem dúvidas, este foi o principal assunto da pré-temporada. A maneira como a diretoria abordou a negociação com os jogadores que vieram reforçar o Fortaleza surpreendeu a torcida de maneira positiva. Um trabalho sem a necessidade de divulgação para a mídia, em silêncio, e, principalmente, digno de elogios.

Entre os jogadores que chegaram, destaco a vinda de Alan Mineiro – tem gente esperando ele em Belém do Pará até agora – e Leonan. O meio-campo veio do Vila Nova e fez uma excelente Série B pela equipe goiana ano passado. O outro chega do Atlético-MG. No momento do anúncio, muitos torcedores do time mineiro elogiaram o lateral-esquerdo do Tricolor de Aço.

Amistoso

Quem viu gostou. Os comentários são de um futebol ofensivo, objetivo e bonito de se ver. Vale a lembrança que Rogério Ceni já vem com essa filosofia de trabalho e tentou aplicá-la ao São Paulo em 2017. O primeiro jogo da temporada terminou com uma goleada por 6 a 0 sobre o Juazeiro. Ótimo placar.

Destaco também que a equipe ainda nem estava completa. No papel, ainda podemos trabalhar com as cornetas, mas temos que esperar a estreia no Campeonato Cearense para realizarmos uma avaliação precisa da equipe comandada por Rogério Ceni.

Confiança

Deixando de lado a corneta, creio que devemos confiar no trabalho em conjunto do Fortaleza. Diretoria, comissão técnica e equipe nos fazem acreditar que 2018 será um ano bem diferente da última temporada em relação à títulos e objetivos da temporada.

%d blogueiros gostam disto: